Sete milhões de euros. É o que pode valer a #José Mourinho a conquista da #Liga dos Campeões pelo #Chelsea na próxima época. Depois de consumar a vitória na Premier League inglesa deste ano, a renovação do treinador português está em marcha. De acordo com o jornal Daily Star, Roman Abramovich pode premiar a conquista da Liga Milionária com uma recompensa também ela milionária - sete milhões de euros. O vínculo actual expira em 2017, estando em causa a renovação até 2019.

Mas há mais. José Mourinho poderá ganhar mais de 330 mil euros por semana com o novo contrato com o Chelsea, segundo fontes próximas do multimilionário russo dono do clube, citadas pelo já referido jornal. A extensão do contrato para os próximos quatro anos deverá assim surgir na sequência dos títulos da Premier League e Taça da Liga de Inglaterra deste ano. Faltou a conquista da Liga dos Campeões, depois da eliminação nos oitavos-de-final diante do Paris Saint-Germain.

Mourinho ainda não conquistou títulos europeus no Chelsea

Embora a carreira internacional de Mourinho tenha ganho destaque no Chelsea, depois da saída do FC Porto, o técnico português nunca ganhou títulos europeus pelos londrinos. As duas Ligas dos Campeões no seu palmarés foram pelo FC Porto e pelo Inter de Milão, enquanto a Taça UEFA (actual Liga Europa) foi também ganha ao serviço dos "dragões". Quanto ao Chelsea, só por duas vezes alcançou títulos europeus (Liga dos Campeões 2011/2012, com o treinador Roberto di Matteo; e Liga Europa 2012/2013, com Rafa Benítez ao leme).

Incentivos naturalmente não faltam para um treinador conquistar a Liga dos Campeões, prova máxima de clubes no futebol europeu. Mas o prémio de sete milhões de euros é, certamente, um "estímulo" adicional para Mourinho, que logo na sua segunda época do regresso a Stamford Bridge já devolveu o Chelsea às maiores conquistas internas. Falta agora somar a isso o "ceptro" do futebol europeu, que também foge há vários anos do "Special One" - o último foi há cinco anos (2009/2010), com a "Champions" pelo Inter. Para isso, tem em vista reforços de peso, como Bale, Pogba e Varane.