O Chelsea acabou de se sagrar campeão inglês, novamente sob liderança de José Mourinho, juntando-se, assim, a Juventus e Bayern, campeões de Itália e Alemanha, respectivamente. As previsões feitas no artigo anterior na Blasting News, relativamente aos vencedores destes campeonatos, ficaram assim confirmadas. A 13 de Abril, escrevemos que estes gigantes podiam encomendar as faixas de campeão, dada a superioridade demonstrada durante a época e, em todos os casos, não foi preciso esperar pelo fim das respectivas ligas para se conhecer os heróis de 2014/2015.

A equipa londrina alcançou o título depois de derrotar o Crystal Palace por 1-0, na sequência do remate certeiro de Hazard, que surgiu como recarga a uma grande penalidade. O belga foi novamente decisivo e uma das principais figuras do #Chelsea. Os "blues" têm sido bastante eficazes, mas o futebol praticado é considerado aborrecido, o que, naturalmente, mereceu a contestação de #José Mourinho. Na verdade, a exibição coroada com a conquista do título teve muito pouco de espectacular.

Manchester United e Manchester City foram autênticas desilusões, considerando o facto de terem plantéis com elevada qualidade, mas ficaram muito aquém das expectativas. Menos favorito do que a dupla de Manchester, o Arsenal também não conseguiu contrariar o ritmo dos "blues". Ainda mais modesta tem sido a época do Liverpool, um dos gigantes de Inglaterra, a 22 pontos do Chelsea.

A consagração da Juventus

A "Vecchia Signora" tem passeado tranquilamente na Série A, apesar de alguns sobressaltos, como diante da Fiorentina, nesta ronda. A equipa de Florença esteve a ganhar por 1-0, após grande penalidade convertida por Gonzalo Rodríguez, mas Llorente e Carlos Tevez, autor de dois golos e um dos grandes protagonistas da Juventus, contribuíram para a "remontada". Ilicic ainda reduziu a desvantagem antes de a Juventus garantir a vitória e, por consequência, a conquista do "calcio". Roma e Lazio são os principais perseguidores da Juventus, embora raramente pusessem em causa a superioridade da formação de Turim.

O sucesso do Bayern

O Bayern Munique foi, entre este trio de luxo, o primeiro a garantir o título de campeão, o que aconteceu na última semana. Ultimamente, a equipa de Guardiola até tem registado alguns maus resultados, como nesta jornada, em que perdeu por 2-0 diante do Bayer Leverkusen, terceiro classificado e, esta época, um dos principais rivais dos bávaros, tal como o Wolfsburgo, equipa do português Vieirinha.