Quando José Pina Ferreira pegou nos destinos do Futebol Clube (FC) Famalicão, durante a passada época, poucos acreditavam que a equipa da cidade à beira-Ave pudesse ser candidata à subida, logo na época seguinte. Mas assim está a ser, e não só o FC Famalicão está a 3 pontos de confirmar o título de campeão da Zona Norte do Campeonato Nacional de Seniores (CNS), como também consegue arrastar multidões, algo que não acontecia há já alguns anos.

Com os estádios cheios, e resultados prometedores, os jogadores do FC Famalicão foram ultrapassando os obstáculos com cautela, não perdendo nenhum jogo na fase inicial deste campeonato, e não perdendo nenhum na segunda fase, que apura a subida de divisão. Com Varzim Sport Clube (SC) e Associação Desportiva (AD) de Fafe a morder-lhe os calcanhares, o Famalicão conseguiu livrar-se com mestria, tendo empatado há duas semanas com os fafenses, e conseguido hoje uma importante vitória por 2-1 sobre os poveiros.

Esta equipa do Famalicão está imparável, e hoje demonstrou estar ao nível daquilo que os espera - a II Liga, os campeonatos profissionais - tendo-se desembaraçado daquela que será a equipa mais valente do CNS, o Varzim, que, sob a batuta de Vítor Paneira, tentou ao máximo chegar ao empate. mas sem sucesso, muito graças à eficácia defensiva do grupo de trás, e da experiência e segurança de Vítor Murta, guarda-redes habituado a outros vôos.

A uma vitória da consagração, que poderá ser já no próximo domingo na recepção aos viseenses do Lusitano Vil de Moinhos, já nada conseguirá parar estes atletas que parecem levar finalmente o nome do clube à ribalta do futebol nacional, e certamente muitos continuarão a vestir de azul na próxima temporada, onde poderão demonstrar as suas qualidades em todas as regiões do país.

Muita da glória atingida por estes jogadores é fruto da direcção do FC Famalicão, que para além de lhes ter proporcionado excelentes condições de treino e trabalho, tratando-os a nível profissional, conseguiu ainda unir os habitantes do concelho sob um lema, o Dia de Vila Nova. É já habitual assistir-se a romarias, vindas das freguesias, para assistir ao clube que leva o nome do concelho a todo o país, mesmo que alguns tenham no seu coração clubes maiores de nome, mas de igual paixão. #Campeonato Nacional de Séniores