A equipa do Futebol Clube do Porto está a ponderar vender uma das suas pérolas no final da temporada. Juan Fernando Quintero chegou à cidade Invicta em Julho de 2013, proveniente do Pescara, depois de ter sobressaído no Campeonato do Mundo Sub-20. Na altura, a equipa azul e branca pagou ao Pescara cerca de 5 milhões de euros pela aquisição da totalidade dos direitos do jogador jovem colombiano, fixando uma cláusula de rescisão em 40 milhões de euros. O médio ofensivo de 22 anos nestas duas temporadas ao serviço dos dragões tem tido dificuldades em afirmar-se na equipa principal, o que abre a hipótese da estrutura portista deixar sair o jogador a troca de um bom encaixe financeiro.

Nestas duas temporadas, Juan Quintero até tem um registo médio no que toca a jogos disputados, tendo totalizado 64 jogos oficiais e 7 golos marcados. Estes números de jogos, no entanto, tornam-se enganadores, porque se recorrermos à estatística, verifica-se que Quintero contabiliza apenas 2371 minutos num total de 5760 possíveis, se apenas contabilizarmos os jogos em que o jogador colombiano actuou. Quintero tem contrato por mais duas temporadas e a estrutura portista pode escolher uma de três opções: Deixa sair o jogador por empréstimo com opção de compra ou não (tal como já aconteceu com Iturbe); ou deixa sair em definitivo (esta parece ser a hipótese mais provável neste momento); ou aposta finalmente no jogador jovem com grande qualidade técnica para actuar com frequência na equipa principal da equipa azul e branca. #F.C.Porto

Recorde-se que clubes ingleses, como o Southampton e Arsenal, já demonstraram interesse nos serviços do médio ofensivo colombiano, tornando-se assim Inglaterra o destino mais provável caso o desfecho seja mesmo a saída do jogador. Outra hipótese, mas menos provável, seria a transferência para o AC Milan. O clube histórico italiano demonstrou interesse, quando Quintero actuava na Série A ao serviço do Pescara, mas à data o FC Porto conseguiu convencer o jogador e ganhar a "corrida" aos milaneses.