#José Mourinho não quer voltar a Madrid. O treinador português já foi sondado pelos responsáveis do #Real Madrid, mas terá negado o convite para regressar a uma casa onde não foi feliz. Os merengues voltam a ficar em branco esta época, na ficha de títulos conquistados, e é cada vez mais certo que Carlo Ancelotti não deve ficar. O cargo de treinador de um dos maiores clubes do mundo, e daquele que conquistou mais edições da Liga dos Campeões/Taça dos Clubes Campeões Europeus, é um dos mais cobiçados por qualquer treinador, pelo que a imprensa e os fãs por todo o mundo acompanham com interesse este dossier até que um nome seja escolhido.

A imprensa inglesa dá esta segunda feira conta do eventual interesse da direção de Florentino Pérez em voltar a contratar José Mourinho. O treinador português esteve três anos em Madrid, onde conquistou três títulos, mas saiu de costas voltadas com o clube e o grupo de jogadores por algumas decisões que tomou, como colocar no banco o eterno guarda-redes Iker Casillas. Agora, os merengues fazem as contas. Só venceram o campeonato de futebol em Espanha uma única vez nos últimos sete anos e com José Mourinho aos comandos, na época 2011/2012.

Apesar de não ter sido campeão, Carlo Ancelotti assinou na época passada a conquista da décima Liga dos Campeões para o Real Madrid, num jogo disputado frente ao rival Atlético, no estádio da Luz, em Lisboa. Mas este ano, o treinador italiano ficou em branco. Foi eliminado nas meias-finais da Champions, frente à Juventus, e viu ontem o Barcelona voltar a conquistar La Liga, depois de vencer o Atlético de Madrid, por 1-0. Fora da Taça do Rei, continuar em Madrid parece difícil para Ancelotti.

A eventual saída do técnico italiano já não é uma novidade. Há semanas que a imprensa dá conta da possibilidade do Real Madrid contratar um novo treinador. E entre os candidatos para a cadeira de sonho, Portugal tem um lugar de destaque. Além de José Moutinho, também André Villas-Boas é apontado como uma possibilidade, repetindo pela terceira vez um clube antes treinado pelo seu mentor. Também Julen Lopetegui foi falado após a vitória caseira do FC Porto frente ao Bayern Munique a contar para os quartos de final da Liga dos Campeões. Mas os recentes desaires do FC Porto têm vindo a afastar a hipótese do treinador regressar a uma casa que conhece bem. Zinedine Zidane é descrito como o candidato mais forte, mas também são possibilidades Jurgen Klopp, que já anunciou a saída do Borussia Dortmund, e Rafa Benítez.