Com Julen Lopetegui seguro no comando técnico do FC Porto, e caído o pano da temporada 2014/2015, que poucas saudades deixa no Dragão, a SAD liderada por Pinto da Costa já prepara a nova época, onde os azuis e brancos surgirão, inevitavelmente, de cara lavada.

Se na defesa está confirmada a venda de Danilo ao Real Madrid, por 31,5 milhões de euros, no ataque a permanência de Jackson Martínez é praticamente uma utopia, muito embora o presidente do FC Porto tenha afirmado recentemente a vontade em renovar o contrato do internacional colombiano, que, recorde-se, foi pela terceira vez consecutiva o melhor marcador do campeonato português.

Com contrato válido até 2017, e com uma cláusula de rescisão nos 35 milhões de euros, o futuro de Jackson Martínez deverá mesmo passar por Inglaterra. O Tottenham é um dos principais interessados, mas é mesmo o Arsenal que estará disposto a avançar com a verba exigida pelo FC Porto para libertar a sua jóia da coroa.

Nesse sentido, no Dragão já se trabalha na procura do sucessor do internacional colombiano, muito embora Aboubakar, avançado internacional camaronês de 23 anos, que foi contratado na reabertura do mercado ao Lorient, de França, seja uma aposta válida e vista, pela administração portista, como prioridade em 2015/2016. Aboubakar, porém, vai ter concorrência e... forte.

O mercado espanhol será, uma vez mais, o principal foco de atenção do FC Porto, sobretudo tendo em conta o conhecimento de Lopetegui daquele campeonato, mas, para o ataque, o sucessor de Jackson Martínez deverá ter nacionalidade francesa. Kevin Gameiro, avançado internacional pela seleção de França por oito ocasiões, que terminou a segunda temporada ao serviço do Sevilha, está muito perto de reforçar o FC Porto.

Além da nacionalidade francesa, Gameiro é descendente de portugueses e tem, por isso, passaporte luso e fortes ligações ao nosso país. Além dessa vantagem, os dragões jogarão também com a vontade do próprio jogador em procurar outro projeto que não o Sevilha, atual detentor da Liga Europa, e que, uma vez mais, já garantiu presença em nova final da segunda competição mais importante ao nível de clubes no Velho Continente.

Kevin Gameiro leva 43 jogos e 17 golos pelo Sevilha esta temporada, oito deles na Liga Espanhola. Números que fazem dele o segundo melhor marcador da equipa, atrás de um colombiano. Carlos Bacca tem vindo a roubar cada vez mais protagonismo ao avançado francês, que pretende agora um clube onde se possa afirmar indiscutivelmente, de modo a alimentar a esperança de ser mais vezes chamado à sua seleção, com o aproximar do Campeonato da Europa, já no próximo ano.

Os dragões, porém, podem contar com concorrência forte neste desejo de contratar Kevin Gameiro. Se é verdade que o Sevilha considera Gameiro transferível, caso Carlos Bacca continue, também não é de descartar que o atacante francês dê preferência a um clube do seu país. E aí o Marselha surge como principal interessado nos seus serviços. #Futebol #F.C.Porto #Mercado de Transferências