Um empate a uma bola no Santiago Bernabéu bastou para a Juventus passar à final da Liga dos Campeões para defrontar o Barcelona, deixando para trás o Real Madrid. A equipa italiana aguentou a pressão dos merengues que durou a maior parte dos 90 minutos. Cristiano Ronaldo de grande penalidade ainda deu esperança aos espanhóis, mas Morata viria a ser novamente decisivo contra a sua antiga equipa. Vejamos como se portaram cada um dos intervenientes no jogo da Champions desta quarta-feira, 13 de Maio. #Liga dos Campeões

Real Madrid

  • Casillas: Decisivo ao fazer várias defesas ao longo do jogo. Quase sempre seguro entre os postes, pouco podia fazer no remate à "queima-roupa" no golo de Morata.
  • Varane: Travou várias jogadas da #Juventus mas sem problemas de maior.
  • Sérgio Ramos: Fez a falta que originou o livre que deu o empate à Juventus. Também sem grandes problemas, mas por vezes trapalhão.
  • Carvajal: Grande jogo do lateral espanhol, muitas vezes a fazer de central. Com vários cortes determinantes.
  • Marcelo: Parecia um extremo durante o jogo todo. No entanto, isso prejudicou-lhe as acções defensivas.
  • Toni Kroos: Um dos melhores jogadores merengues em campo. Sempre em alta-rotação entre o meio-campo defensivo e ofensivo, fez jogar os seus companheiros com passes fantásticos.
  • Isco: Bom a aguentar a bola, faltou-lhe mais criatividade para abrir o jogo.
  • James Rodríguez: Ganhou o penalty com que Ronaldo abriu o marcador e tentou por várias vezes o golo com remates de longe.
  • Gareth Bale: Apesar de ter tido boas arrancadas a partir da direita, falhou oportunidades clamorosas de golo. Exibição esforçada.
  • Cristiano Ronaldo: Deu vantagem ao #Real Madrid mas esteve apagado durante grande parte do jogo. Não criou qualquer perigo a Buffon em bola corrida.
  • Benzema: Regressado de lesão, faltou-lhe discernimento na hora de atirar à baliza.
  • Chicharito (sub): Registou apenas boas movimentações no ataque. Sem perigo para Buffon.

Juventus

  • Buffon: Aos 37 anos, mostrou porque ainda é considerado um dos melhores guarda-redes do mundo. Sempre seguro, fez defesas importantes e só não travou o penalty de Cristiano Ronaldo.
  • Bonucci: Uma autêntica parede para os jogadores do Real Madrid, manteve sempre a bola à distância da sua área quando teve que intervir.
  • Chiellini: Voltou a ser displicente ao cometer penalty sobre James, mas compensou com uma exibição segura e sem falhas durante o resto do jogo.
  • Lichsteiner: Teve arrancadas estonteantes até perto da área do Real Madrid, mas custou-lhe caro no duelo directo com Marcelo. Teve dificuldades para travar o brasileiro mas cumpriu as suas tarefas defensivas.
  • Pirlo: Não contribuiu para o ataque mas fez uma exibição defensiva deliciosa. Defendeu e circulou a bola com verdadeira classe.
  • Pogba: Regressou de lesão e valeu-lhe a sua stamina interminável. Fez a assistência para o golo de Morata.
  • Vidal: Mostrou porque é um dos melhores médios box-to-box do mundo. Sempre em alta rotação tal como Kroos do outro lado.
  • Marchisio: Teve como principal função anular James e Isco, e não falhou. Teve uma oportunidade flagrante para fazer o 1-2, mas Casillas defendeu o seu remate.
  • Tévez: Ontem esteve mais apagado, mas ainda assim trabalhou bem durante todo o jogo. Sem oportunidades de golo.
  • Morata: Voltou a ser decisivo e deu a passagem à final à Juventus. Um dos melhores em campo.
  • Barzagli (sub): Entrou na altura da mudança para o Catenaccio e cumpriu as suas tarefas defensivas.
  • Pereyra (sub): Substituiu Pogba, sem oportunidades.
  • Llorente (sub): Contribuiu ao segurar a bola durante alguns instantes.