Aos 33 anos Zlatan Ibrahimovic somou e continua a somar amores e ódios um pouco por todo o lado. A cumprir a terceira temporada no Paris Saint-Germain, o avançado sueco foi oferecido à campeã italiana #Juventus. No entanto, segundo a imprensa local, o clube de Turim recusou linearmente o regresso do sueco aos bianconeri. O alto salário e a idade avançada pesaram na decisão. O "abandono" do sueco em 2006 nunca foi esquecido pelo tetra campeão transalpino.

Depois de ter vestido as cores do emblema do cavalinho entre 2004 e 2006, no qual marcou 29 golos em todas as competições, Zlatan Ibrahimovic acabou por sair no fim da temporada 2005/2006 quando a Juventus foi despromovida para a Série B na sequência do caso Calciopoli. Para os tiffosi do emblema de Turim esta foi uma autêntica faca espetada nos seus corações, acusando o sueco, desde então, de ter abandonado a Juve quando o emblema mais precisava dele.

Após ter passado por Inter de Milão, Barcelona, Milan e Paris Saint-Germain a hipótese de Ibracadabra regressar era grande mas foi de imediato recusada. Segundo noticia o jornalista Gianluca Di Marzo esta quarta-feira, 13 de Maio, na imprensa italiana, o empresário do astro sueco, Mino Raiola, que mantém excelentes relações com a Juventus, terá apresentado a hipótese de Ibrahimovic voltar a vestir as cores dos bianconeri. Num negócio praticamente grátis para os italianos, o avançado viria de imediato apenas com o pagamento dos salários a cargo do campeão transalpino.

Apesar de não negarem a qualidade técnica e goleadora de Ibrahimovic, a idade, o alto salário que aufere e o "abandono" atrás referido, não deixaram os dirigentes da Juventus com dúvidas e a única opção era recusar este cenário. Em contrapartida Paulo Dybala, avançado argentino do Palermo parece estar cada vez mais perto de assinar. A transferência será selada nos próximos dias a troco de um valor a rondar os 35 milhões de euros.

Com esta "nega" dada pela Juventus, tudo indica que o futuro de Ibrahimovic continue a passar pelo Paris Saint-Germain onde já deu a conhecer à direcção quais são os reforços necessários para a próxima temporada.