O #Real Madrid, apesar de já ter conquistado dois títulos nesta, época arrisca-se a terminar a temporada muito abaixo das expectativas que um clube da sua dimensão costuma criar. Nesta época já conquistou a Supertaça europeia, quando defrontou o Sevilha em Agosto de 2014, vencendo por 2-0 com um bis de cristiano Ronaldo. Em Dezembro ganhou o Campeonato Mundial de Clubes, vencendo os argentinos do San Lorenzo, também por 2-0, em Dezembro do ano passado. No entanto, estes troféus são vistos por alguns como pertencendo à época anterior e se olharmos desta forma, os homens de Charmatin arriscam-se a acabar a presente temporada sem nenhum título.

Quando faltam duas jornadas para o fim da La Liga, o Real segue em segundo atrás do Barcelona, com 4 pontos de diferença, fazendo com que uma vitória dos catalães este domingo frente ao Atlético de Madrid lhes possibilite festejar o título de campeão, tornando assim ínfimas as probabilidades de os madrilenos serem campeões. O cenário torna-se mais negro quando se olha para as quedas aos pés do Atlético de Madrid, primeiro na final da Supertaça espanhola, por 2-1, no agregado das duas mãos, e posteriormente nos oitavos-de-final da Copa Del Rey, por 4-2, também no agregado das duas mãos. Recente ainda está a eliminação nas meias-finais da Liga dos Campeões frente à Juventus, que impediu mesmo que se jogasse uma final inédita: Real Madrid - Barcelona.

Ao aproximar-se o fim de uma temporada é comum que se façam balanços do que esteve bem e do que esteve menos bem e é normal que se procurem os "culpados". O site do jornal espanhol "Marca" realizou um questionário online com mais de 170 000 participantes para tentar ajudar a perceber quem está a mais no plantel do Real Madrid e quem deve ser transferido no próximo verão.

O jogador com maior percentagem (89%) é Khedira, que já se sabe que não vai renovar contrato com o clube e tem já vários interessados na sua contratação. Em segundo e terceiro lugar aparecem dois laterais que não têm sido opção regular esta temporada: Arbeloa (77%) e o internacional português Fábio Coentrão (76%). Iker Casillas, um dos capitães, que fez toda a sua carreira no clube, mas que já há algum tempo vê a sua titularidade a ser contestada, também consta da lista dos mais votados para abandonar o clube, com 58%.

Na lista dos mais votados aparecem ainda Illarramendi, Lucas Silva, contratado no inverno, e Chicharito, emprestado pelo Manchester United. #Liga Espanhola