Com 20 dos 21 jogadores convocados nascidos em 1995, a seleção portuguesa é, de entre as 24 que vão disputar o Mundial de sub-20, uma das que tem uma média de idades mais elevada. O selecionador nacional Hélio Sousa, campeão do mundo neste escalão em 1989, optou por chamar um lote de convocados experientes que, espera-se, possam levar longe a seleção nacional que vai disputar o seu primeiro jogo na madrugada de domingo frente ao Senegal.

O "benjamim" do grupo que vai representar Portugal na Nova Zelândia é o benfiquista Gonçalo Guedes, o único dos convocados que nasceu em 1996. Curiosamente, o extremo ribatejano é uma das principais referências da seleção lusa, tendo já sido várias vezes chamado por Jorge Jesus aos trabalhos da primeira equipa dos campeões nacionais. Raphael Guzzo, médio do Desportivo de Chaves nascido no Brasil, é o mais velho do grupo, pois festejou o seu 20º aniversário a 6 de janeiro. De resto, 12 dos 21 jogadores já comemoraram 20 anos.

Os outros 11 são Tiago Sá (Sporting de Braga), Guilherme Oliveira, Domingos Duarte, Gelson Martins e Mauro Riquicho (Sporting), Pedro Rebocho e Nuno Santos (Benfica), Rafa, Francisco Ramos e Tomás Podstawski (FC Porto) e Ivo Rodrigues (Vitória de Guimarães). Outro dado curioso da seleção nacional é que sete dos 21 jogadores da equipa portuguesa têm dupla nacionalidade. Assim, a Raphael Guzzo juntam-se Gelson Martins, Janio Bikel, Mauro Riquicho, Rony Lopes, Estrela e Tomás Podstawski.

As três seleções que apresentam uma média de idades mais alta são todas europeias. Para além de Portugal, figuram neste "top 3" a Alemanha, com dois "intrusos" nascidos em 1996 entre 19 convocados de 1995, e a Ucrânia, com três nascidos em 1996 entre 18 representantes de 1995. Em oposição, a Nigéria apresenta-se com uma das seleções mais jovens, onde apenas quatro dos convocados nasceram em 1995 contra cinco de 1997 e os restantes em 1996.

Convocados igualmente para a competição da Nova Zelândia estão oito estrangeiros que representaram clubes portugueses na presente época. São eles o brasileiro Danilo Silva, do Sporting de Braga, os ganeses Emmanuel Boateng, do Rio Ave, e Barnes Osei, emprestado ao União da Madeira pelo Paços de Ferreira, o alemão Hany Mukhtar, do Benfica, o nigeriano Chidera Ezeh e o mexicano Raul Gudiño, ambos dos juniores do FC Porto, o senegalês Khadime Ndiaye, dos juniores do Sporting, e o mexicano João Rodriguez, que alinhou no Vitória de Setúbal por empréstimo do Chelsea.

O colombiano Daniel Londono e o hondurenho Bryan Rochez são os futebolistas mais velhos da competição, pois comemoraram 20 anos a 1 de janeiro deste ano. Com apenas 16 anos, o mais novo é o panamiano Adalberto Carrasquilla, nascido em 28 de novembro de 1998. O mais alto é o guarda-redes sérvio Vanja Milinkovic, de 2,02 metros, que tem "só" mais 42 centímetros que Swan Htet Aung, de Myanmar, obviamente o mais baixo.

O Mundial de sub-20 disputa-se entre 30 maio e 20 de junho. Portugal, que se sagrou campeão em 1989 e 1991, faz parte do grupo C, com Colômbia, Qatar e Senegal. #Futebol