Depois de André Villas Boas, que era a prioridade, e de Paulo Fonseca, chegou a vez de mais um treinador português ser ponderado como hipótese do São Paulo FC. Trata-se de José Peseiro, antigo treinador adjunto do Real Madrid e ex-técnico do Sporting Clube de Portugal, do SC Braga e do Panathinaikos da Grécia, entre outros. Conhecido por conseguir colocar as suas equipas a jogar um #Futebol atrativo, José Peseiro tem contra si o fato de perder títulos nos últimos jogos da época.

Aos 55 anos, o treinador, que após a passagem pelo Sporting de Braga (onde venceu a Taça da Liga de Portugal) ingressou no Al-Wahda do Dubai, rescindindo o seu contrato em fevereiro de 2015 por divergências com o presidente, pode estar assim de regresso ao ativo. De acordo com o site UOL, o Presidente do São Paulo FC, Carlos Miguel Aida, e José Peseiro conversaram esta semana.

José Peseiro conquistou a Taça da Liga em 2012/2013 com o Sporting de Braga (o seu primeiro troféu no futebol profissional). Em 2004/2005 levou o Sporting Clube de Portugal à final da Taça UEFA (perdendo o troféu em casa frente ao CSKA Moscovo) e perdeu o campeonato nas últimas jornadas para o Sport Lisboa e Benfica.

No entanto, apesar das negociações, o São Paulo FC parece estar mais interessado em fechar contrato com o colombiano Juan Carlos Osório, atual treinador do Atlético Nacional. Para o presidente do São Paulo, segundo o ESPN, Osório é um treinador mais bem-sucedido do que Peseiro, e neste momento a sua chegada ao Brasil está apenas dependente da rescisão do seu contrato com seu clube atual: "Estamos esperando que consiga rescindir o seu contrato".

Paulo Fonseca tem interessados em Portugal

Nos últimos dias, em Portugal muito se tem falado na possibilidade de na próxima época os 3 grandes portugueses terem novos treinadores. Paulo Fonseca já foi um dos nomes apontados pela imprensa para substituir Marco Silva no Sporting. O treinador referiu que não acredita que regresse tão rapidamente a um grande português devido à sua passagem inglória pelo FC Porto, no entanto, acha normal que o seu nome seja associado a clubes maiores pelo trabalho positivo em Paços de Ferreira: "Anormal seria fazer um trabalho péssimo no Paços e ver o nome falado a um grande clube. (...) Mantenho a ambição de treinar em Inglaterra ou Espanha (...)" afirmou o jovem técnico ao site zero zero.

Rui Vitória, treinador do Vitória de Guimarães, tem sido apontado ao Sporting e ao Benfica, e, caso aconteça essa mudança, Paulo Fonseca é o nome mais desejado para o seu lugar.