Num jogo com muitos golos, como tem sido costume em Alcochete, o vencedor não foi o habitual: o #Sporting B, que não perdia em casa há 11 jogos, saiu derrotado pelo Vitória SC B por 3-2, e caiu para o quarto lugar da Segunda Liga Portuguesa. Os jovens vimaranenses mostraram qualidades que reflectem a boa época que têm feito até agora - subiram ao 9.º posto da tabela - e aproveitaram uma má segunda parte do Sporting (que só se pode queixar de si próprio) para vencer em Alcochete.

A partida teve um início de loucos, com três golos nos primeiros 10 minutos. À semelhança do que havia acontecido no embate contra o Feirense, os leões viram-se em desvantagem antes do primeiro minuto estar concluído. Logo aos 48 segundos de jogo, João Vigário flectiu da direita para o centro e rematou forte, de pé esquerdo, sem hipóteses para Luís Ribeiro. No entanto, foi rápida e eficaz a resposta do Sporting B, com uma grande iniciativa individual de Gelson Martins, que cruzou da direita para Diego Rubio estabelecer o 1-1 quando o cronómetro ainda não tinha atingido os 4 minutos.

Antes dos 10, uma transição ofensiva muito rápida acabou com o remate de Dramé para o 2-1, na recarga a uma primeira tentativa de Gelson. Com a reviravolta no marcador, os jovens leões assentaram o seu jogo e foram coleccionando oportunidades de golo, em remates de meia distância e rápidas combinações entre os médios e os avançados. Os vimaranenses pouco conseguiam criar mas, à passagem da meia hora de jogo, Rui Areias restabeleceu a igualdade com uma grande finalização, depois de isolado nas costas de Sambinha por Bruno Alves.

Até ao intervalo o jogo foi disputado a meio campo, com a melhor oportunidade a surgir por Domingos, já perto do intervalo. Antes da pausa, destaque para a entrada de Matheus Pereira para o lugar de Diego Rubio, condicionado depois de um choque com um adversário.

Falta de inspiração culmina em derrota

Ambas as equipas não entraram bem na segunda parte, mas seria o Vitória a fazer o 3-2 na primeira oportunidade que criou. Aos 58 minutos, Vigário contornou o guarda-redes dos leões e serviu para o segundo de Rui Areias. Os leões desconcentraram-se com a segunda reviravolta da partida e os vimaranenses tiveram espaço e tempo para alargar a sua vantagem.

A equipa de Guimarães juntou as suas linhas no processo defensivo e beneficiou da falta de inspiração instalada na equipa leonina, que nunca mais se encontrou no jogo, para segurar a vantagem. O Vitória foi mais eficaz e teve mérito ao aproveitar o eclipse do Sporting na segunda parte (ligado forçosamente à saída por lesão de Diego Rubio) para vencer justamente em Alcochete.

Ficha de Jogo:

43.ª Jornada da Segunda Liga Portuguesa

CGD Stadium Aurélio Pereira

Sporting CP B 2 - 3 Vitória SC B

Golos: Rubio (3), Dramé (8); Vigário (47 segundos), Areias (29 e 58)

Sporting CP B: Luís Ribeiro, A. Geraldes, Sambinha, Domingos Duarte (Ponde), Mica (C), Rabia, Wallyson, F. Geraldes, Dramé (Nuno Reis), Gelson Martins e Rubio (Matheus)

Treinador: João de Deus

Vitória SC B: Miguel Oliveira, Arrondel, T. Lima Pereira, Dénis Duarte, Pedro Lemos, João Pedro, Bruno Alves (C), H. Domingo (Joseph), João Vigário (Telmo), Ricardo Gomes (Alexandre Silva) e Rui Areias

Treinador: Armando Evangelista

Árbitro: Vasco Santos (AF Porto)

Disciplina: Cartão amarelo para Ricardo (31), Dénis Duarte (34), Dramé (64), João Pedro (69), Rabia (82) e Pedro Lemos (85) #Futebol