Resumo da partida.

Após os 90 minutos, a vitória do Sevilha não pode ser minimamente contestada. Na primeira parte, o Sevilha foi eficaz ao aproveitar a única oportunidade de golo que teve à sua disposição para se adiantar no marcador, Aleix Vidal apontou o golo aos 17 minutos. A Fiorentina teve três excelentes ocasiões para marcar mas desperdiçou as três de forma escandalosa quando tinha tudo para poder ganhar uma vantagem decisiva na eliminatória.

Na segunda parte, a Fiorentina tentou tomar a iniciativa de jogo mas logo aos 52 minutos Aleix Vidal faz o segundo golo da equipa Espanhola e bisa na partida deitando por terra as intenções dos Italianos de chegar ao empate. O jogo entrou depois numa toada mais lenta, faltosa e com poucas situações de ataque, até que aos 75 minutos Kévin Gameiro faz o terceiro do Sevilha poucos segundos depois de ter entrado em campo para substituir Bacca. A equipa Espanhola poderia ter chegado logo de seguida ao quarto golo mas Banega não aproveitou a oportunidade.

Quanto a alguns dados estatísticas, o Sevilha teve 56% de posse de bola contra 44% da Fiorentina. A equipa Italiana fez mais remates no total (11 contra 8) mas o Sevilha acertou 5 remates na baliza contra 4 da Fiorentina, e isso traduziu-se no resultado final com os Espanhóis a serem muito mais eficazes. No total foram mostrados cinco cartões amarelos, três para jogadores da equipa Italiana, 2 para jogadores da equipa Espanhola.

O Sevilha fica assim muito perto de garantir a presença na final da #Liga Europa pela segunda vez consecutiva. A Fiorentina terá que marcar pelo menos três golos para empatar a eliminatória e não sofrer nenhum. No outro jogo, o Dnipro foi ao terreno do Nápoles empatar a uma bola. O cenário fica assim bastante complicado para as equipas Italianas.

Termina também o Nápoles-Dnipro. O resultado final é um empate 1-1.

Final da partida. Sevilha, 3 - Fiorentina, 0.

90' - Vão ser jogados cinco minutos de tempo de compensação.

84' - Matías Fernández converte o livre para boa defesa de Rico.

83' - Cartão amarelo para Krychowiak por falta sobre Borja Valero. Livre para a Fiorentina.

80' - Substituição na Fiorentina. Sai Mario Gómez, entra Ilicic.

No outro jogo das meias-finais empata o Dnipro! O resultado é agora de 1-1.

78' - Cartão amarelo para Borja Valero por protestos.

77' - Banega perto do 4º golo mas não conseguiu dar a melhor sequência ao lance.

75' - GOLOOOO do Sevilha! Kévin Gameiro acabado de entrar há segundos empurra para a baliza de Neto. A assistência foi de Aleix Vidal, o jogador Espanhol é até agora o homem do jogo.

74' - Substituição no Sevilha. Sai Bacca, entra Gameiro.

73' - Substituição no Sevilha. Sai Mbia, entra Iborra.

72' - Mbia está novamente sentado no relvado. O jogador parece não ter recuperado totalmente do choque com Badelj.

70' - Cartão amarelo para Marcos Alonso por ter reagido mal a uma decisão do árbitro.

69' - Mbia reentra em campo. O jogador da Fiorentina não recuperou do choque e teve que ser substituído.

68' - Substituição na equipa da Fiorentina. Sai Badelj, entra Pizarro.

66' - Badelj e Mbia chocam cabeça com cabeça. Os dois jogadores estão a ser assistidos no relvado.

60' - Boa jogada de ataque do Sevilha, a bola "atrapalhou" e o lance perdeu-se pela linha de fundo.

58' - Substituição no Sevilha. Sai Reyes, entra Coke.

52' - GOLOOOO do Sevilha! Excelente golo de Aleix Vidal, que bisa na partida. Vitolo desmarca Vidal que, em vez de cruzar para a grande área, remata para a baliza e engana toda a gente. Neto nada podia fazer.

51' - Badejl a rematar muito ao lado da baliza de Rico.

Golo do Nápoles! A equipa Italiana vence o Dnipro por 1-0.

47' - Matías Fernández a cabecear ao lado na sequência do livre.

46' - Cartão amarelo para Daniel Carriço por falta sobre Joaquín. Livre para a Fiorentina.

45' - Substituição na Fiorentina. Sai Tomovic, entra Micah Richards.

Início da segunda parte. Sai o Sevilha com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte.

Primeira parte onde a eficácia foi determinante. A Fiorentina dispôs de três boas ocasiões para marcar mas não conseguiu concretizar nenhuma delas em golo. Na melhor oportunidade que teve em toda a primeira parte, aos 17 minutos, o Sevilha fez o golo que lhe dá vantagem no jogo e na eliminatória por intermédio de Aleix Vidal. Pode-se discutir se o resultado é justo ou não mas o #Futebol é um jogo de eficácia e o Sevilha foi superior nesse capítulo. Vamos agora aguardar por todas as emoções da segunda parte.

Intervalo na partida. Sevilha, 1 - Fiorentina, 0.

45' - Vão ser jogados mais dois minutos de tempo de compensação.

40' - Sururu entre jogadores do Sevilha e da Fiorentina na sequência de uma falta sobre Rico. O guarda-redes do Sevilha necessita de assistência médica. Jogo interrompido.

37' - Boa intervenção de Rico na sequência de um livre bem batido por Matías Fernández.

35' - Bom lance de ataque do Sevilha mas não surgiu nenhum remate à baliza de Neto.

27' - Grande sprint de Matías Fernández com o Chileno a optar pelo remate, não foi de todo a melhor opção.

25' - Mais uma grande oportunidade para a Fiorentina! Salah em posição frontal na pequena área não consegue desfeitear Rico.

24' - Grande defesa de Rico! Matías Fernández a aparecer em boa posição mas a não conseguir fazer o empate.

23' - Remate de Reyes para defesa fácil de Neto.

19' - Boa oportunidade para a Fiorentina empatar mas a bola sai por cima.

17' - GOLOOOO do Sevilha! Boa jogada de ataque entre Vitolo e Reyes a assistir Bacca na grande área. O avançado não foi egoísta e deu para Aleix Vidal que remata em boa posição sem hipóteses para Neto.

14' - Boa chance agora para a Fiorentina. Gómez a aparecer em posição frontal mas a bola é desviada para canto.

12' - O Sevilha começa a tomar conta do jogo.

11' - Remate de Bacca muito fraco para defesa fácil de Neto.

6' - Primeira oportunidade do jogo para a Fiorentina! Mario Gómez a surgir em boa posição mas a rematar por cima da baliza de Rico.

5' - Jogo muito disputado pelas duas equipas ainda sem flagrantes oportunidades de golo.

20:05 - Início da primeira parte. Sai a Fiorentina com a bola.

20:02 - As equipas já estão perfiladas em campo, ouve-se o hino da Liga Europa.

19:10 - Suplentes de Sevilha e Fiorentina.

O Sevilha terá no banco de suplentes: Mariano Barbosa (GR), Fernando Navarro, Diogo Figueiras, Coke, Iborra, Denis Suárez e Kévin Gameiro.

A Fiorentina terá no banco de suplentes: Ciprian Tatarusanu (GR), Micah Richards, José María Basanta, Juan Manuel Vargas, David Pizarro, Alberto Aquilani e Josip Iličić.

19:00 - Onzes iniciais das duas equipas.

O Sevilha vai actuar com: Sergio Rico (GR), Trémoulinas, Daniel Carriço, Timothée Kolodziejczak, Krychowiak, José Antonio Reyes (c), Éver Banega, Vitolo, Aleix Vidal, Mbia e Carlos Bacca.

Treinador do Sevilha: Unai Emery.

A Fiorentina vai actuar com: Neto (GR), Gonzalo Rodríguez (c), Stefan Savić, Marcos Alonso, Nenad Tomović, Milan Badelj, Matías Fernández, Joaquín, Borja Valero, Mohamed Salah e Mario Gómez.

Treinador da Fiorentina: Vincenzo Montella.

18:00 - Curiosidades sobre as duas equipas.

· Nas competições Europeias, o Sevilha nunca venceu equipas Italianas, a Fiorentina nunca venceu em Espanha.

· O Sevilha venceu todos os jogos em casa esta época nesta competição, a Fiorentina nunca perdeu fora de casa. Aliás, a equipa Italiana consegue melhores resultados fora de portas do que no seu estádio.

· O Sevilha nunca foi eliminado nas meias-finais de uma competição Europeia. A Fiorentina, das seis meias-finais em que esteve presente, venceu quatro.

· Daniel Carriço é o jogador com mais jogos disputados na Liga Europa, são 45 no total.

· Matías Fernández, actualmente na Fiorentina, jogou no Sporting e foi colega de Daniel Carriço no clube de Alvalade.

· A Fiorentina venceu a primeira edição da extinta Taça das Taças em 1961. O Sevilha e o Real Madrid são as únicas equipas que venceram a Liga Europa/Taça UEFA por duas vezes consecutivas.

17:30 - Fiorentina, uma verdadeira "Sociedade das Nações".

A equipa Italiana conta actualmente no seu plantel com jogadores de 16 países mas já chegou a contar no início da época com jogadores de 22 nacionalidades diferentes. Para além dos que vamos referir em baixo, a Fiorentina contou com jogadores da Colômbia, Polónia, Camarões, Austrália, Rep. Democrática do Congo e Ucrânia. Aqui fica por mera curiosidade a lista dos países:

· Itália - 11 jogadores.

· Espanha - 3 jogadores.

· Croácia - 2 jogadores.

· Brasil - 2 jogadores.

· Argentina - 2 jogadores.

· Chile - 2 jogadores.

· Eslovénia - 2 jogadores.

· Marrocos - 1 jogador.

· Inglaterra - 1 jogador.

· Egipto - 1 jogador.

· Roménia - 1 jogador.

· Senegal - 1 jogador.

· Alemanha - 1 jogador.

· Peru - 1 jogador.

· Sérvia - 1 jogador.

· Montenegro - 1 jogador.

16:55 - Antevisão de Unai Emery e Vincenzo Montella, treinadores das duas equipas.

Unai Emery, treinador do Sevilha, classifica o seu adversário de hoje como uma equipa muito boa e muito semelhante à sua, pelo que esta será uma eliminatória renhida e que pode não ficar resolvida nos 180 minutos que completam os dois jogos. O treinador Espanhol está especialmente atento a jogadores como Mario Gomez, Mohamed Salah, Borja Valero, Marcos Alonso e Joaquín, que foi seu jogador enquanto treinador do Valência. Unai Emery também comentou que não liga às últimas notícias que dão conta do interesse do Milan em contratá-lo para a próxima época, o seu foco é o Sevilha e esta eliminatória frente à Fiorentina.

Vincenzo Montella, treinador da Fiorentina, diz que é um prazer disputar as meias-finais e ter a hipótese de alcançar a final de uma competição Europeia. O treinador Italiano considera o Sevilha uma equipa completa, capaz de defender bem e de ser eficaz no ataque e no contra-ataque; uma equipa que nesta competição tem estado muito bem nos últimos anos e é bem orientada por Unai Emery, que considera um excelente treinador. Vicenzo Montella refere também que a primeira mão é importante mas que não é decisiva desde que não haja uma grande diferença de golos.

16:10 - Sejam bem-vindos ao Sánchez Pizjuán, estádio do Sevilha, onde se vai jogar a primeira mão das meias-finais da Liga Europa entre o Sevilha e a Fiorentina.

Iniciam-se hoje todas as decisões da Liga Europa. Sevilha, Fiorentina, Dnipro e Nápoles partes à conquista do troféu que não tem um peso de uma Champions League mas que mesmo assim não deixa de ser uma importante conquista para a equipa que conseguir levar o troféu para sua casa. O Sevilha, actual detentor do troféu, recebe a Fiorentina de Itália naquela que deverá ser seguramente uma meia-final bem disputada. Na equipa Espanhola jogam os Portugueses Beto, Daniel Carriço e Diogo Figueiras, jogadores fundamentais na caminhada dos Andaluzes até esta fase da competição e que deram igualmente o seu importante contributo para a conquista do troféu na época passada.

Esta é a primeira vez que estas equipas se vão defrontar para uma competição Europeia e o favoritismo está divido entre ambas. O Sevilha pertence ao lote de equipas que venceu a Liga Europa (ou Taça UEFA como era anteriormente designada) em três ocasiões. As outras equipas são a Juventus, o Inter de Milão e o Liverpool. Logo, o alcance de mais uma final por parte da equipa Espanhola pode significar a oportunidade de ser a equipa com mais troféus conquistados desta competição em toda a história. Por seu lado, a Fiorentina quer chegar à sua segunda final mas desta vez não quererá sair derrotada. A equipa Italiana perdeu a final da competição na época de 1989/90, na altura disputada a duas mãos, frente ao seu grande rival, a Juventus.

Tanto o Sevilha como a Fiorentina ainda têm objectivos a discutir nas competições dos seus respectivos países. Os Espanhóis têm ainda esperança de ultrapassar o Valência no quarto lugar da Liga Espanhola e assim chegar a um lugar de acesso ao playoff de apuramento para a Liga dos Campeões de 2015/16. Quanto à equipa Italiana, actualmente no quinto lugar da Serie A Italiana, luta para garantir um lugar que dê acesso ao playoff de apuramento para a Liga Europa. #Directo