O argentino Nico Gaitán dificilmente continuará a jogar no #Benfica. O talentoso médio ofensivo destacou-se no último campeonato e, como tal, despertou a cobiça dos grandes da Europa. Valência, Atlético de Madrid e Manchester United disputam os serviços do talentoso jogador de 27 anos. Atleta e empresário querem a transferência para Inglaterra e aguardam agora pelo desfecho do enredo à volta de Angel Di María.

O ex-extremo do Benfica, também de 27 anos, não se impôs no Manchester United. Chegado ao colosso inglês proveniente do Real Madrid, a troco de 75 milhões de euros, Di María não agradou ao treinador Louis Van Gaal. A relação foi de tal forma conturbada entre jogador e treinador que o talentoso argentino, que encantou nos estádios portugueses de 2007 a 2010, está de saída.

Em 2010, Di María desfalcou as "águias" para rumar ao Real Madrid e "deu lugar" na equipa lisboeta à entrada de Nico Gaitán. Argentino por argentino, e o Benfica manteve um índice muito elevado de magia na equipa. Curiosamente, a situação inversa poderá acontecer, agora, cinco anos volvidos.

À Antena 1, o empresário de Nico Gaitán garante que a transferência está em stand-by. "Tudo é possível, existe uma negociação que está pendente. Estamos à espera de uma resposta de um dirigente do Manchester United, por isso não posso adiantar nada mais", declarou José Iribarren.

O jornal O Jogo avança que o Manchester só negociará uma entrada quando Di María sair, e tudo indica que seja o também argentino Gaitán a entrar, por um valor muito próximo dos 35 milhões de euros da cláusula de rescisão do atleta.

Quanto a Di María, o jogador tem naturalmente "meia" Europa atrás dele. Aos 27 anos, o craque está a disputar a Copa América, sabendo que não deverá regressar a Manchester. Após uma alegada pressão de Lionel Messi, segundo a imprensa espanhola, o Barcelona parte como um dos principais interessados na contratação de Di María, depois de vários anos no grande rival Real Madrid.

Mas, segundo informações avançadas pela TVI 24, o Benfica poderá ser a próxima paragem do argentino, que assim solucionaria, ainda que temporariamente, a saída de Gaitán e a lesão de Salvio. Tudo porque o Barcelona não pode inscrever atletas até ao início de 2016 e poderia colocar o argentino a "rodar" noutra equipa, estando o Benfica no topo das preferências do jogador para esta situação provisória. #Futebol #Mercado de Transferências