O #Benfica anunciou, na quinta-feira, ter chegado a um princípio de acordo com o treinador Rui Vitória, encerrando o processo de sucessão de Jorge Jesus. Dado que a saída do treinador foi mal digerida pelos adeptos, a administração da SAD apressa-se a finalizar algumas contratações que possam levantar a moral dos benfiquistas. Logo surgiram rumores sobre a possibilidade de ser anunciada uma "bomba", deixando no ar a perspectiva de Rui Vitória vir a ter às suas ordens um jogador de classe mundial. Os benfiquistas apontam preferências a três nomes: Fábio Coentrão, Lazar Markovic e Nani.

As contratações de Adel Taarabt, proveniente do Queens Park Rangers, e Mehdi Carcela-Gonzalez, do Standard de Liege, ambos internacionais marroquinos, já foram oficializadas. Ederson, Diego Lopes e Ahmed Hassan (todos do Rio Ave), Pelé (Belenenses), Marçal (Nacional), Francisco Vera (Rubio Ñu, Paraguai) e John Murillo (Zamora, Venezuela), já terão acordo e estarão à espera de confirmação oficial. Longa lista para análise de Rui Vitória, à qual podem ainda ser acrescentados outros nomes como Zivkovic (Partizan, Sérvia), Zakaria Bakkali (PSV, Holanda), Harold Preciado (Deportivo Cali, Colômbia) e Santi Mina (Celta de Vigo, Espanha) seguidos pelo departamento de scouting, que os tem referenciados como jovens de elevado potencial.

No entanto, os benfiquistas pretendem ver a equipa reforçada com nomes mais sonantes e clamam por Fábio Coentrão (Real Madrid) e Lazar Markovic (Liverpool), antigos jogadores do Benfica que deixaram saudade. Em ambos os casos, os jogadores estarão receptivos a voltar a envergar a camisola encarnada dado que não estão a ter a utilização que desejavam, mas as suas folhas salariais excedem o tecto do Benfica.

Fábio Coentrão parece ser o alvo mais acessível e já circulam notícias que dão por fechado o acordo com o Real Madrid, faltando apenas acertar questões salariais com o jogador. Coentrão foi associado ao Sporting, a pedido de Jesus, mas apressou-se a anunciar que em Portugal apenas aceita jogar no Benfica.

Também Markovic mantém ligação sentimental ao Benfica e, nos últimos dias, foi noticiada a colocação de uma fotografia no Facebook aludindo aos dois anos da assinatura do contrato com o Benfica, retirada pouco depois. O jogador também terá sido indicado por Jorge Jesus, mas, igualmente, declinou alinhar pelo Sporting.

O nome de Nani surge nas redes sociais, com muitos adeptos a desejar que, no âmbito da negociação de Gaitan com o Manchester United, troque a camisola do Sporting pela do Benfica, vingando, de alguma forma, a "traição" que apontam a Jorge Jesus. Contudo, parece ser o alvo mais difícil porque se desconhece a receptividade do jogador.

Para além das contratações, Rui Vitória precisa ver resolvidas algumas situações relacionadas com os actuais jogadores do plantel. A renovação de Maxi Pereira continua por confirmar, a iminente saída de Gaitan para o Manchester United, as negociações para venda de Talisca, o fim do empréstimo de Sílvio, propostas por Sálvio, Lima, Ola John e a decisão sobre quais os jovens da formação a integrar obrigarão o técnico a uma complicada gestão de recursos humanos.

Como em todas as pré-temporadas, o constante aparecimento de nomes de "reforços" mantém os adeptos em estado de alerta permanente, no entanto, muitos desses nomes não passarão de especulação. Luís Filipe Vieira pretende ter o plantel definido até ao arranque da época e os benfiquistas aguardam ansiosamente a confirmação de Coentrão ou Markovic. Ou dos dois. #Futebol #Mercado de Transferências