O FC Porto continua irredutível quanto a Yacine Brahimi. O clube não pretende perder o valioso atleta e tem recusado todas as propostas pelo argelino que têm chegado ao Dragão. O médio ofensivo de 25 anos é uma das principais estrelas do plantel portista e brilhou na Liga dos Campeões, o que fez aguçar o interesse dos colossos europeus. No entanto, o FC Porto não retira um euro à cláusula de rescisão do argelino, fixada nos 50 milhões de euros. O Milan foi o último a levar um "não" como resposta.

No Dragão a próxima época prepara-se com muita calma. Sem exagerar nas contratações (para já), o clube tenta guardar os principais astros. Brahimi e Jackson Martínez são os mais desejados, mas o FC Porto vai dando provas de não estar desesperado por dinheiro e o principal objectivo passa por manter os dois craques, determinantes nas manobras ofensivas do clube. A menos que as cláusulas sejam batidas, o que no caso do colombiano está na iminência de acontecer.

No caso do argelino Brahimi, o mágico do meio campo portista, o Arsenal até se terá aproximado dos 50 milhões de euros, mas as equipas não chegaram a acordo. Agora foi a vez do colosso italiano AC Milan tentar a sorte pelo argelino. O vice-presidente do clube, Adriano Galliani, esteve em Portugal, segundo informa o jornal desportivo O Jogo, mas nem chegou a haver conversações. O FC Porto está interessado em manter o núcleo duro da última época para criar uma identidade de jogo que tem falhado nas últimas épocas.

Para esse objectivo, a permanência de Brahimi é uma das grandes prioridades. O intento portista esbarra no apetite dos "grandes" europeus, que correm pelo craque portista. Ao Milan a resposta terá sido peremptória. O FC Porto só abre negociações com a cláusula de rescisão batida.

Apesar disso, escreve o britânico Telegraph que o Arsenal terá oferecido 54 milhões de euros por Brahimi mas que, apesar do elevado valor (quatro milhões acima da cláusula do médio), mantinham-se as dificuldades em negociar com os portistas, e o negócio caiu por terra.

O FC Porto tenta tudo para manter o argelino, que terá um desfecho diferente do ponta-de-lança Jackson Martínez. O colombiano deverá estar de saída, ele que é um dos avançados mais procurados deste mercado de transferências. O melhor marcador do campeonato português desperta a cobiça de Milan, Arsenal, Mónaco, Atlético de Madrid e Valência, sendo expectável que o poderoso avançado possa render perto dos 35 milhões de euros ao FC Porto. #F.C.Porto #Mercado de Transferências