Resumo da partida.

A justeza da vitória do Brasil não pode ser colocada em questão mas escusava de ser tão sofrida. Na primeira parte, a vantagem do Brasil não era de estranhar dado o domínio que os Canarinhos impuseram no jogo. O golo do Brasil apareceu logo aos 9 minutos, Robinho bate um pontapé de canto e Thiago Silva aparece de primeira a fuzilar a baliza de Baroja. Foram algumas as ocasiões que o Brasil teve para aumentar a vantagem mas as mais perigosas aconteceram aos 24 minutos a remate de Filipe Luís e aos 39 minutos por intermédio de Willian. Nestas duas ocasiões Baroja fez duas grandes defesas. Só aos 29 minutos é que Jefferson fez a sua primeira e única defesa na primeira parte mas o cabeceamento de Túñez saiu à figura.

A segunda parte começou com o Brasil novamente ao ataque e Thiago Silva poderia ter bisado na partida aos 49 minutos mas Baroja opôs-se bem ao cabeceamento do defesa Brasileiro. Aos 51 minutos, um excelente trabalho de Willian na esquerda é concluído por Firmino, o Brasil ganhava assim uma vantagem mais tranquila no jogo e tudo parecia indicar para um avolumar do resultado por parte da Canarinha. Só que o segundo golo do Brasil pareceu despertar a Venezuela e Jefferson começou a ter bastante trabalho na partida. Aos 56 minutos, o guarda-redes Brasileiro faz a sua primeira grande defesa a remate de Arango e dois minutos depois é obrigado a afastar com os punhos uma bola complicada na sua grande área.

Aos 66 minutos nova boa intervenção de Jefferson a afastar a bola quando Martínez ia isolado para a baliza e cinco minutos depois e Thiago Silva a evitar males maiores ao desviar um remate de González. Aos 79 e 81 minutos, o Brasil consegue dois remates com perigo por intermédio de Daniel Alves e David Luiz mas a bola foi parar nos dois casos às mãos de Barojas. Aos 84 minutos surge o golo da Venezuela, após remate de Arango defendido por Jefferson para o poste aparece Miku a cabecear par ao fundo da baliza e até ao fim do jogo a melhor ocasião pertenceu ao mesmo Miku mas à boca da baliza não conseguiu cabecear a bola. Sofrimento desnecessário causado até pelo próprio Selecionador do Brasil graças às substituições que fez, o Brasil acabou a jogar com quatro defesas centrais e dois trincos.

Ficou assim concluída a fase de grupos da #Copa América de 2015. Deixamos agora aqui as classificações finais dos grupos e o alinhamento dos quartos-de-final:

Classificações finais dos grupos:

Grupo A:

· 1º Chile: 7 pontos.

· 2º Bolívia: 4 pontos.

· 3º Equador: 3 pontos.

· 4º México: 2 pontos.

Grupo B:

· 1º Argentina: 7 pontos.

· 2º Paraguai: 5 pontos.

· 3º Uruguai: 4 pontos.

· 4º Jamaica: 0 pontos.

Grupo C:

· 1º Brasil: 6 pontos.

· 2º Peru: 4 pontos.

· 3º Colômbia: 4 pontos.

· 4º Venezuela: 3 pontos.

Quartos-de-final:

· Chile - Uruguai.

· Bolívia - Peru.

· Argentina - Colômbia.

· Brasil - Paraguai.

Final da partida. Brasil, 2 - Venezuela, 1.

90+3' - Quase o empate! Miku falha a emenda à boca da baliza de Jefferson.

90' - Vão ser jogados mais quatro minutos de tempo de compensação.

90' - Remate de Daniel Alves para fora.

88' - Cartão amarelo para Túñez por falta dura sobre Daniel Alves.

84' - GOLOOOO da Venezuela! Livre batido por Arango com Jefferson a defender para o poste, Miku aproveita a sobra e empurra a bola de cabeça para o fundo da baliza. Está relançada a partida!

83' - Cartão amarelo para Thiago Silva por falta dura sobre Miku.

81' - Pontapé de bicicleta de David Luiz para as mãos de Baroja.

79' - Disparo de Daniel Alves para as mãos de Baroja.

77' - Remate de González com a bola a passar por cima da baliza de Jefferson.

76' - Substituição no Brasil. Sai Robinho, entra Marquinhos.

72' - Substituição na Venezuela. Sai Guerra, entra Miku.

71' - Thiago Silva a evitar o golo da Venezuela, o defesa central desvia o remate de González.

67' - Dupla substituição no Brasil. Saem Firmino e Philippe Coutinho, entram David Luiz e Tardelli.

66' - Muito bem Jefferson a afastar a bola com os punhos quando Martínez aparecia isolado.

64' - Remate de Robinho sem perigo para a baliza de Baroja.

63' - A Venezuela pareceu acordar um pouco depois de ter sofrido o segundo golo mas o Brasil está a conseguir gerir bem o ritmo do jogo.

58' - Remate de Martínez para defesa fácil de Jefferson.

57' - Jefferson afasta com os punhos uma bola complicada para a sua baliza.

56' - Contra-ataque rápido do Brasil concluído da pior forma por Robinho, um autêntico passe a Baroja.

56' - Grande defesa de Jefferson a remate de Arango, o guarda-redes Brasileiro faz a sua primeira grande intervenção no jogo.

51' - GOLOOOO do Brasil! Excelente arrancada de Willian pela esquerda concluída com um cruzamento de trivela, Firmino apareceu na pequena área e só teve que empurrar a bola para o fundo da baliza de Baroja.

49' - Mais uma grande defesa de Baroja! Thiago Silva ia marcando mais uma vez na sequência de um canto, desta vez de cabeça.

45' - Remate de Philippe Coutinho mas sem direção.

45' - Dupla substituição na Venezuela. Saem Seijas e Vargas, entram Martínez e González.

Início da segunda parte. Sai o Brasil com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte.

Vantagem ao intervalo inteiramente justa do Brasil por ter sido a equipa com maiores ocasiões de perigo e que tem procurado mais o ataque, a Venezuela deixou Jefferson praticamente "descansado" durante estes primeiros 45 minutos. O golo do Brasil apareceu logo aos 9 minutos, Robinho bate um pontapé de canto e Thiago Silva aparece de primeira a fuzilar a baliza de Baroja. Ao longo da primeira parte, o Brasil poderia ter feito o segundo golo pelo menos em duas ocasiões mas Baroja fez duas grandes defesas, a primeira aconteceu a remate de Filipe Luís aos 24 minutos, a segunda num remate de Willian aos 39 minutos.

Só aos 29 minutos é que Jefferson fez a sua primeira e única defesa na partida mas o cabeceamento de Túñez saiu à figura. Mantendo-se este resultado, o Brasil fica em 1º lugar do Grupo C e a Venezuela é eliminada da competição.

Intervalo na partida. Brasil, 1 - Venezuela, 0.

45+1' - Cartão amarelo para Seijas por falta sobre Elias.

45' - Vai ser jogado mais um minuto de tempo de compensação.

45' - Cartão amarelo para Vargas por falta sobre Firmino.

44' - Cichero quase colocava a bola dentro da baliza de Jefferson na sequência de um cruzamento.

39' - Remate de Miranda com a bola a passar perto do poste direito da baliza de Baroja.

39' - Willian a rematar para mais uma boa intervenção de Baroja.

35' - Boa desmarcação de Firmino com Túñez a cortar para pontapé de canto.

34' - O Brasil vai gerindo a posse de bola, A Venezuela continua sem criar grande perigo.

29' - Primeira defesa de Jefferson no jogo após cabeceamento de Túñez.

24' - Mais perigo na sequência do canto para a baliza Venezuelana mas os remates de Daniel Alves e Robinho bateram sempre nos defesas.

24' - Grande defesa de Baroja a remate a Filipe Luís, é pontapé de canto.

23' - A Venezuela não consegue organizar o seu jogo e tenta sem sucesso colocar bolas longas no meio-campo do Brasil.

19' - Remate de Vargas a passar por cima da barra da baliza de Jefferson.

16' - Pontapé de primeira de Robinho à baliza de Baroja, a bola não passou longe da barra.

13' - Tentou Cichero levar perigo à baliza de Jefferson mas o lance foi bem cortado pela defesa do Brasil.

9' - GOLOOOO do Brasil! Golaço de Thiago Silva após a marcação de um pontapé de canto por parte de Robinho! O defesa central apareceu oportuno no centro da grande área da Venezuela.

7' - Primeiro remate da baliza a pertencer a Firmino, a bola desvia num defesa Venezuelano e sai para pontapé de canto.

5' - Primeiros cinco minutos da partida decorreram com as equipas a estudarem-se mutuamente.

22:30 - Início da primeira parte. Sai a Venezuela com a bola.

22:25 - As equipas já estão em campo, vamos já de seguida ouvir os hinos das duas Seleções.

22:10 - Onze inicial e suplentes do Brasil.

Onze inicial: Jefferson (GR), Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda, Filipe Luís, Fernandinho, Elias, Philippe Coutinho, Willian, Robinho e Roberto Firmino.

Suplentes: Marcelo Grohe (GR), Neto (GR), Marquinhos, Geferson, David Luiz, Fabinho, Casemiro, Fred, Éverton Ribeiro, Diego Tardelli e Douglas.

Selecionador do Brasil: Dunga.

22:10 - Onze inicial e suplentes da Venezuela.

Onze inicial: Alain Baroja (GR), Roberto Rosales, Oswaldo Vizcarrondo, Andrés Túñez, Gabriel Cíchero, Tomás Rincón, Luis Seijas, Ronald Vargas, Juan Arango, Alejandro Guerra e José Rondón.

Suplentes: Wuilker Fariñez (GR), Daniel Hernández (GR), Wilker Ángel, Grenddy Perozo, Rafael Acosta, César González, Franklin Lucena, John Murillo, Miku, Josef Martínez e Gelmin Rivas.

Selecionador da Venezuela: Noel Sanvicente.

22:00 - Colômbia, 0 - Peru, 0.

Com o empate entre estas duas Seleções uma coisa é certa, o Equador está fora da Copa América e não consegue ser um dos dois melhores terceiros classificados. Agora, tanto a Colômbia como o Peru terão que aguardar pelo final do jogo entre o Brasil e a Venezuela para saber se passam à próxima fase e em que lugar.

19:30 - Sejam bem-vindos à última jornada da fase de grupos da Copa América 2015. Estaremos hoje a acompanhar em direto o Brasil-Venezuela que vai decorrer no estádio Monumental David Allerano localizado em Santiago do Chile.

Hoje terminam todas as decisões da fase de Grupos da Copa América, vamos ficar a conhecer quem vai acompanhar o Chile, a Bolívia, a Argentina, o Uruguai e o Paraguai nos quartos-de-final da competição. O Grupo C tem sido o grupo mais competitivo desta fase, todas as equipas (Brasil, Peru, Venezuela e Colômbia) têm 3 pontos fruto de uma vitória e uma derrota e quem vencer certamente que terá um lugar garantido nos quartos-de-final. Peru e Colômbia vão entrar em campo às 20h00 e mais tarde vamos estar a seguir com mais atenção o jogo entre Brasil e Venezuela.

O Brasil entrou bem nesta Copa América vencendo o Peru por 2-1. Apesar de ter entrado a perder, a Canarinha conseguiu dar a volta ao marcador fazendo o golo da vitória já em período de compensação, Neymar foi o homem do jogo com um golo e uma assistência. No segundo jogo, o Brasil acabou por perder com a Colômbia por 1-0 num jogo que terminou com bastante polémica e que acabou com a expulsão de Neymar, a grande figura da Seleção Brasileira levou um castigo de quatro jogos ficando assim afastado do resto da competição a não ser que o recurso apresentado pela CBF consiga reduzir o castigo do jogador. A grande questão para o jogo de hoje é mesmo esta, como é que o Brasil vai jogar sem a sua grande estrela?

A Venezuela entrou também a ganhar na Copa América e a causar surpresa quando, contra todas as previsões, venceu a Colômbia por 1-0 com um golo de Rondón. Já o segundo jogo acabou por não correr de feição à Seleção Venezuelana e esta acabou derrotada pelo Peru por 1-0. A juntar à derrota, a Venezuela fica privada também de um jogador importante, Amorebieta viu o cartão vermelho direto e não poderá dar o seu contributo nesta fase decisiva da competição. Vamos aguardar por mais logo para ver como termina este emocionante grupo. #Directo