Começa hoje no Chile a Copa América 2015, principal prova de Seleções do continente americano e que conta com a participação de 12 países. O jogo inaugural vai colocar frente-a-frente o país anfitrião, o Chile, contra o Equador, mas todas as atenções estão viradas para Brasil e Argentina, sempre apontados como principais candidatos a vencer a competição. Nesta edição, todas as atenções estão também viradas para um duelo em particular e que envolve dois craques do Barcelona, Messi e Neymar. Certamente que os fãs do #Futebol gostariam que um dos jogos, de preferência o da final, envolvesse estes dois jogadores, que podem juntar assim mais um título a uma época perfeita que tiveram ao serviço do clube catalão, concluída com a conquista da Liga dos Campeões.

Contudo, quem detém atualmente o troféu é o Uruguai, que conta com Maxi Pereira e Jonathan Rodríguez, atualmente no Benfica, e com os ex-jogadores do F.C. Porto Jorge Fucile, Álvaro Pereira e Cristián Rodríguez. Aliás, é o Uruguai o país com mais troféus conquistados, 15 no total. A Argentina tem 14 troféus e espera não só apanhar o Uruguai no número de títulos, como também pôr fim a um jejum de conquistas nesta competição que já dura desde 1993. Messi, Agüero, Tévez e os ex-benfiquistas Garay e Di María certamente que não vão querer deixar fugir a vitória na competição depois do ano passado terem perdido a final do Mundial frente à Alemanha.

O Brasil é a terceira seleção com mais títulos conquistados, 8 no total. O principal objetivo da Seleção Canarinha passa obviamente pela conquista do troféu para que assim possa "limpar" um pouco a má imagem deixada no Mundial de 2014 no qual, e a jogar em casa, o Brasil foi copiosamente derrotado nas meias-finais pela Alemanha por 7-1, sendo esta a pior derrota que uma equipa sofreu em casa numa fase tão adiantada de um Mundial. A título de curiosidade, o Paraguai e o Peru venceram a Copa América por duas vezes, a Colômbia e a Bolívia completam o quadro de vencedores com uma conquista cada.

São três os grupos desta edição da Copa América e os alinhamentos são os seguintes:

Grupo A - Chile, Equador, México e Bolívia.

Grupo B - Argentina, Uruguai, Paraguai e Jamaica.

Grupo C - Brasil, Colômbia, Peru e Venezuela.

Passam aos quartos-de-final os dois primeiros de cada grupo e os dois melhores terceiros classificados. Vamos aqui na Blasting News acompanhar em direto os jogos do Brasil e da Argentina.