O Sport Lisboa e #Benfica está no mercado e, depois das contratações recentes de Carcela e Taarabt, prepara-se para voltar a receber um jogador bem conhecido no mundo encarnado. Fábio Coentrão, lateral esquerdo de 27 anos, vê o seu regresso ao Estádio da Luz cada vez mais perto de acontecer, tal como noticia esta sexta-feira o site desportivo zerozero. O internacional português até foi dado como possível reforço do rival Sporting, mas decidiu acabar com a especulação dizendo que em Portugal só jogaria no Sport Lisboa e Benfica. O que é certo é que Real Madrid e Benfica já entraram em contactos para uma possível cedência por empréstimo do lateral esquerdo português, faltando apenas chegar a um acordo pelo contrato, visto que Coentrão aufere um salário muito acima daquilo que as águias lhe podem pagar.

Fábio Coentrão tem sido pouco utilizado nas duas últimas temporadas, actuando na época de 2013/2014 por 20 ocasiões e, na última temporada, em apenas 17 ocasiões. Estes números ficam muito longe dos registos das duas primeiras temporadas ao serviço dos merengues, em que Coentrão esteve presente por 33 ocasiões na época de estreia (2011/2012) e em 30 partidas na época seguinte (2012/2013). Para a próxima temporada o lateral esquerdo não está nas contas de Rafa Benítez (treinador espanhol contratado para suceder a Carlo Ancelotti), pelo que a hipótese de regressar ao Benfica, seu anterior clube, é cada vez mais possível de se concretizar.

O Sport Lisboa e Benfica já contratou para a próxima temporada jogadores como Carcela (Standard Liége), Taarabt (Queens Park Rangers), Francisco Vera (Rubio), Murillo (Zamora), Diego Lopes (Rio Ave), Ederson (Rio Ave) e Marçal (Nacional). Poderão ainda chegar outros reforços para estar ao dispor de Rui Vitória, entre os quais se destacam o próprio Fábio Coentrão (Real Madrid), Zivkovic (Partizan) e ainda Hassan (Rio Ave). O presidente, Luís Filipe Vieira, disse que iria dar uma "prenda" aos benfiquistas com a contratação de um jogador de renome mundial, e esse jogador está cada vez mais perto e é…português. #Mercado de Transferências