Jorge Jesus terá que indemnizar o #Sporting caso saia a meio do contrato. O técnico leonino ainda não desistiu de treinar uma equipa que lhe dê hipóteses de conquistar a Liga dos Campeões, pelo que há essa cláusula no seu vínculo ao emblema de Alvalade. Recorde-se que o ex-treinador do Benfica assinou por três temporadas, num contrato milionário em termos salariais.

Ao contrário do que é habitual nos contratos celebrados pelo presidente Bruno de Carvalho, o de Jorge Jesus não tem uma cláusula de rescisão. Como "mecanismo de segurança", há a obrigação do treinador indemnizar o clube com o valor total dos salários auferidos até à altura da saída. Não é novidade que um dos objectivos futuros de Jorge Jesus é poder lutar pela conquista da Liga dos Campeões, tendo-o afirmado há cerca de um ano, quando ainda orientava o Benfica.

Jorge Jesus começa a trabalhar a 1 de Julho

Embora a preparação da época 2015/2016 esteja já naturalmente em curso - o mercado de transferências está em "ebulição" - Jesus só começa a trabalhar na Academia do Sporting no início do mês de Julho. Foi o próprio técnico que o revelou, o que é normal, visto que só a 30 de Junho acaba a sua ligação ao Benfica.

Marco Silva por resolver

A situação de Marco Silva ainda está por resolver. Oficialmente, ainda é treinador do Sporting, estando em curso um processo com vista ao despedimento por justa causa. A situação, envolta em grande polémica, começou no princípio do mês. Os leões estarão a alegar a falta de comparência a uma reunião e o não uso de fato oficial do clube num jogo da Taça de Portugal como principais motivos de despedimento com justa causa.

O técnico já apresentou a sua defesa, e estará agora a ponderar processar o Sporting. Isto no seguimento de um contrato perdido com o Olympiakos devido à indefinição da sua situação em Alvalade, que, enquanto não for resolvida, não permite que o treinador assine contrato com qualquer outro clube. O processo disciplinar tem que conhecer uma decisão em 60 dias - o prazo não está em causa neste momento -, mas os advogados de Marco Silva alegam que a oficialização de Jorge Jesus mostra que o emblema de Alvalade tem a intenção clara de se desvincular de Marco Silva, pelo que não há razões para a demora. #Futebol