FINAL DOS 90 MINUTOS! 

69' - Portugal - Substituição - Sai Ricardo Pereira, Entra Gonçalo Paciência 

65' - Suécia - Substituição - Sai Tibbling, Entra Quaison 

64' - Depois de um passe esplêndido de William, Iuri Medeiros levou a bola até à linha, fletiu para dentro, e rematou em jeito, naquele que seria um bonito golo. A bola raspou no poste esquerdo.  

63' - Tozé a tentar a sua sorte de longe. O remate saiu forte, mas o guardião sueco defendeu a dois tempos.  

60' - Portugal - Substituição - Sai Ivan Cavaleiro, Entra Iuri Medeiros 

53' - Portugal - Substituição - Sai Sérgio Oliveira, Entra Tozé 

52' - Guidetti! Mas que perigo! O avançado sueco, num remate acrobático a rematar forte. A bola passou mesmo junto à trave de Sá. 

50' - Portugal a sair no contra-ataque, mas a jogada a terminar nas mãos do guardião sueco. 

45' - Suécia - Substituição - Sai Helander, Entra Baffo.

INÍCIO 2ª PARTE

Portugal entrou bem no encontro, com maior fulgor ofensivo, mas isto foi apenas até ao primeiro quarto de hora. Os espaços ao redor da área sueca foram diminuindo, e a criatividade também não ajudou a penetrar dentro da último terço. 

Os últimos minutos da primeira parte foram bastante desinteressantes, sem qualquer ocasião de perigo, por parte de nenhum dos conjuntos.  

INTERVALO 

40' - Raphael Guerreiro a rematar de fora da área. O esférico passou perto da trave da baliza adversária. 

37' - Grande jogada colectiva de Portugal. Esgaio a cruzar rasteiro para João Mário, que rematou contra o corpo de um defesa sueco. Passou o perigo. 

36' - Sérgio Oliveira a bater o livre diretamente para as mãos de Carlgren. 

34' - Jogo com pouco interesse, nestes últimos minutos. Portugal entrou bem no encontro, mas nos últimos 10/15 minutos, adormeceu por completo, e a Suécia vai ganhando algum espaço. 

Ivan Cavaleiro está constantemente a ser apanhado em posição de fora de jogo. Algo que não tinha acontecido nos últimos encontros.  

25' - Remate forte de Tibbling. José Sá agarrou sem problemas.

21' - Mais um canto para Portugal. O jogo agora vai estando mais calmo, e mais disputado a meio campo. 

13' - João Mário à entrada da área, a rematar fraco e muito por cima.  

11' - Primeira ocasião para a Suécia. Ao segundo poste, o avançado sueco a cabecear fraco, para as mãos de José Sá. 

7' - Livre perigoso para Portugal! Na trave! Sérgio Oliveira com excesso de pontaria. Seria um bonito golo.

6' - Portugal está por cima do jogo. Desde o início do encontro que está encostada no meio campo sueco. 

2' - Ricardo Pereira podia ter feito o primeiro! À entrada da área, rematou muito perto do poste.

1' - A equipa das quinas começa melhor, e já ganhou um canto. 

0' - Sai Portugal com a bola. 

APITO INICIAL 

Está tudo pronto para mais um grande espetáculo de futebol.  

19.42h - Agora, é a vez de se ouvir o hino da Suécia. 

19.41h - Ouve-se o hino de Portugal.  

19.40h - As equipas sobem agora ao terreno de jogo.  

19.38h - Quase tudo a postos, para o início da partida. 

19.32h - As equipas vão fazendo exercícios de aquecimento. 

Onze da Suécia: Carlgren; Lindelöf, Milošević, Helander e Augustinsson; Tibbling, Lewicki, Hiljemark e Khalili; Guidetti e Kiese Thelin

Suplentes: Rinne, Linde, Baffo, Holmén, Konate, Zeneli, Olsson, Larsson, Quaison, Gustafson, Hrgota e Ishak

Onze de Portugal: José Sá; Ricardo Esgaio, Paulo Oliveira, Tiago Ilori e Raphael Guerreiro; William Carvalho, Sérgio Oliveira, João Mário e Bernardo Silva; Ricardo Pereira e Ivan Cavaleiro

Suplentes: Daniel Fernandes, Bruno Varela, João Cancelo, Tobias Figueiredo, Frederico Venâncio, Rafa Silva, Rúben Neves, Tozé, Gonçalo Paciência, Iuri Medeiros, Carlos Mané e Ricardo Horta

Nota para o regresso de Tiago Ilori ao onze inicial, depois de no último encontro, frente à Alemanha, não ter alinhado.  

18.45h - Já é conhecido o onze de Portugal!  

18.44h - Falta uma hora, para o início do encontro! 

18.42h - Antes de mais nada, muito boa tarde! Portugal pode fazer história, se vencer hoje a #Selecção da Suécia, vencendo pela primeira vez esta competição. 

A Selecção Portuguesa de Esperanças (SUB-21), está na final de um Campeonato da Europa passados 21 anos (1994, onde foi derrotada pela Itália).

Desta vez, o adversário não será a toda poderosa Itália, mas sim, uma Selecção que poucos esperavam que conseguisse alcançar a fase derradeira desta prova, a Suécia.  

Portugal tem feito um percurso bastante bom em toda a prova.

Na fase de grupos, conseguiu o apuramento para a fase das eliminatórias, tendo ficado no primeiro posto, à frente de grandes selecções, como a Inglaterra e a Itália, que nem conseguiram o apuramento para esta última fase. A outra equipa que passou a fase de grupos, juntamente com a selecção das Quinas, foi a Suécia. Este apuramento para a fase final da prova, deu também o apuramento para os Jogos Olímpicos, a esta selecção de sub-21.

Sendo assim, Portugal, na fase de grupos, derrotou a Inglaterra por 1-0, empatou com a Itália, num jogo sem golos, e também empatou com a Suécia a um golo, resultado que permitiu a passagem à fase final.

Depois da fase de grupos, veio a fase do mata-mata. E Portugal, novamente não desiludiu. Os meninos prodígio da selecção de esperanças sub-21, contra todas as probabilidades e expectativas, impuseram uns respeitosos 5-0, à toda poderosa, Alemanha.

Quanto à Suécia, o saldo também é positivo. Logo na primeira jornada da fase de grupos, derrotaram por 2-1, a selecção Italiana. Na 2ª jornada, perderam frente a Inglaterra, e na 3ª Jornada, empataram com Portugal, e com este resultado, conseguiram o apuramento para a fase final. Na semi-final, conseguiram um brilhante resultado, ao derrotarem por 4-1, a selecção dinamarquesa.

Chegadas à final, o favoritismo é dividido pelas duas formações, apesar das declarações dos treinadores serem adversas a esta conclusão.

Rui Jorge afirma que o favoritismo está do lado da selecção das quinas, apesar de saber que "Vão defrontar-se duas equipas fortes". O técnico disse ainda que "Sabemos perfeitamente o que vamos encontrar", e concluiu dizendo que este será o jogo mais mediático da sua carreira.

O árbitro polaco Szymon Marciniak foi escolhido para comandar esta final. #Directo #Jogos Europeus