Após toda a especulação, Rui Vitória foi apresentado hoje, dia 15 de Junho, no museu Cosme Damião, no Estádio da Luz, como treinador do Benfica. Depois de representar o Vitória de Guimarães durante quatro épocas, onde em 2013 atingiu o apogeu conquistando a Taça de Portugal frente ao #Benfica, Rui Vitória é uma arma fundamental para rumar à conquista do tricampeonato, algo que não acontece no Benfica desde 1977. Rui Vitória, formado em Educação Física iniciou a sua carreira no Vilafranquense em 2002. Ao longo da sua carreira passou pelos juniores do Benfica em 2006, pelo Fátima e pelo Paços de Ferreira. De salientar que em todo o seu percurso enquanto treinador de futebol, o técnico nunca foi despedido de nenhum clube.

O treinador foi escolhido por Luís Filipe Vieira no dia 5 de Junho, no mesmo dia em que o Sporting escolheu Jorge Jesus. ''Não há momentos bons ou maus para entrar no Benfica'', foram algumas das palavras que o treinador proferiu no decorrer da conferência de imprensa de apresentação. O técnico referia-se à saída controversa de Jorge Jesus, ex-treinador benfiquista, e à sua entrada no clube.

Nesta nova sua etapa, o treinador afirmou que chegou ao clube para dinamizar e acrescentar algo novo ao Benfica, esperando que os jogadores joguem motivados e com alegria, criando assim harmonia entre atletas, treinador e a equipa técnica que levou para a Luz.

Luís Filipe Vieira também aproveitou a conferência de imprensa para agradecer o que Jorge Jesus fez nos últimos seis anos pelo Benfica e reforçou a ideia do desejo de alcançar o tricampeonato. Rematou dizendo: ''O Rui é um dos nossos''.

''Um passado de glória, um futuro de vitória''... com Rui Vitória. A frase, bem visível no decorrer do discurso do treinador, poderá ter múltiplas interpretações semânticas ao critério do espectador, fazendo analogia entre o nome próprio e o valor real de vitória. Será um futuro de vitória, com Vitória?

O primeiro confronto do Benfica será a 9 de Agosto, contra o Sporting, para disputar a Supertaça Cândido Oliveira, no Algarve, no jogo que marca o início da época 2015/2016. #Primeira Liga Portuguesa