Fez-se história no #Futebol sérvio. A seleção de Veljko Paunovic conquistou, na manhã deste sábado, o Mundial sub-20, um feito inédito para o país. A Sérvia ganhou, por 2-1, ao Brasil com golos de Mandic e Maksimovic, num jogo muito disputado e que só ficou resolvido a dois minutos do final do prolongamento, altura em que o conjunto europeu voltou à situação de vantagem no marcador, a qual não voltaria a deixar escapar. O Brasil falhou, assim, o objetivo de revalidar um título que havia conquistado há quatro anos, quando derrotou a seleção portuguesa de Ilídio Vale por 3-2.

O North Harbour Stadium foi escolhido como o palco da final e, por isso, recebeu os dois conjuntos que se revelaram como sendo os mais fortes deste Mundial sub-20 da Nova Zelândia. Apesar dos pontos fortes de uma e outra equipa, os primeiros quarenta e cinco minutos de jogo, principalmente, mostraram um Brasil mais forte, com maior capacidade de segurar e circular a bola e de criar perigo junto da baliza adversária. A Sérvia começou por sentir bastantes dificuldades, embora tenha acabado por conseguir equilibrar o seu jogo e suster as investidas "canarinhas".

O domínio brasileiro, porém, não se materializava em golos. E a Sérvia não se fez de rogada: à passagem do minuto setenta, Mandic abriu o marcador para os sérvios. Mas a reação do Brasil não demorou mais do que três minutos, tempo que Andreas Pereira demorou para voltar a pôr tudo como dantes, empatado. A partida iria chegar aos noventa minutos com uma igualdade a um golo, pelo que se teria de jogar tempo extra. No prolongamento, o Brasil voltou a mostrar melhor futebol, continuando mais perto de chegar ao golo. No entanto, num contra-ataque rápido, à passagem do minuto cento e dezoito, Maksimovic deu o Mundial sub-20 à Sérvia, naquele que foi o quarto jogo consecutivo na competição em que os sérvios foram a prolongamento.

Na madrugada deste sábado disputou-se igualmente o jogo de atribuição do terceiro e do quarto lugar, numa partida entre dois conjuntos africanos. O Mali, que até começou a perder, derrotou o Senegal por três bolas a uma, garantindo, assim, um lugar no pódio deste Mundial sub-20, que chegou agora ao fim.