O #Sporting confirmou oficialmente a apresentação de Jorge Jesus como novo treinador do clube para o dia 1 de julho, próxima quarta-feira. O Estádio José Alvalade será o palco do evento que, para a ocasião, estará de portas abertas, permitindo a entrada livre e sem quaisquer custos associados dos adeptos e sócios que pretendam ouvir as primeiras palavras do antigo treinador do rival Benfica como técnico 'verde e branco'.

A apresentação está marcada para as 18h00, sendo que a porta 1 do estádio, a partir da qual o público irá entrar, abrirá por volta das 17h30. Os 'leões' confirmaram também a presença de Jorge Jesus na segunda edição da Gala Honoris Sporting, que se realizará no mesmo dia pelas 21h30 no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

Jesus vê o seu vínculo contratual com o Benfica chegar ao fim no dia 30 de junho, pelo que, apesar de já ter sido confirmado há algumas semanas como o novo técnico do Sporting para as próximas três temporadas, a sua apresentação oficial não poderia ocorrer antes do final deste mês.

Assim, Jesus será apresentado aos sócios e adeptos 'leoninos' numa data que coincide com o 109.º aniversário do clube que agora representa e do qual já havia vestido a camisola como jogador, há cerca de quarenta anos atrás. Será também nesse dia que o técnico irá começar a trabalhar na Academia de Alcochete com o seu novo leque de jogadores que, devido aos compromissos das seleções jovens, estará ainda incompleto.

A chegada de Jorge Jesus a Alvalade foi, sem dúvida, e pelo menos até agora, a grande 'bomba' do verão no #Futebol português. O técnico, bicampeão nacional em título pelo grande rival lisboeta Benfica, deixa assim os 'encarnados' para representar um clube do qual sempre foi adepto.

O Sporting aproveitou, desta forma, para passar a contar com um técnico experiente e habituado a ganhar títulos, algo que tem faltado ao clube 'leonino'. Marco Silva, depois de interromper em Alvalade uma 'seca' de sete anos sem qualquer título, com a conquista da Taça de Portugal, foi despedido pelos dirigentes do Sporting, que alegaram justa causa para o fazer.