Após um início de época prometedor, em que o brasileiro apontou nove golos até à 13.ª jornada afirmando-se no ataque benfiquista, Talisca viu a sua influência e titularidade fugirem-lhe entre os dedos. Apesar disso, o médio brasileiro considera positivo o seu primeiro ano no campeonato português. Depois de vencer três troféus de águia ao peito - a Super Taça, o Campeonato Nacional e a Taça da Liga -, Talisca afirma ter vivido um óptimo ano a nível profissional e não esconde a satisfação de fazer parte do balneário encarnado. "Estou feliz por encerrar esta temporada com mais um título. Foi um ano maravilhoso para o #Benfica e também para mim", conclui em declarações ao site brasileiro Acorda Cidade.

Desde que foi confirmado como reforço na equipa de Jorge Jesus, chegando a Portugal por 4 milhões de euros, Talisca afirmou que a decisão de assinar pelos encarnados tinha sido somente sua, referindo-se na altura ao Benfica como "um grande clube". O médio brasileiro vindo do Bahia era inicialmente apontado como reforço da equipa B, mas rapidamente ganhou lugar na principal. Quando chegou ao país tinha como objectivos seguir as pisadas de Luisão - defesa das águias desde 2003 que assumiu a titularidade na equipa, bem como a braçadeira de capitão - e de conquistar o #Futebol europeu. Agora, depois de terminada a época, o camisola 30 assegura, em retrospectiva, sentir-se satisfeito com a sua carreira e considera ter sido uma óptima decisão ter rumado a Portugal e jogar de águia ao peito.

"Estou muito satisfeito com tudo o que tem acontecido na minha carreira" assinalou Talisca, mostrando ainda o seu contentamento com os títulos conquistados: "Iniciar a minha trajectória no futebol europeu com conquistas importantes foi muito bom". Depois de um final de época com altos e baixos, o médio internacional viajou até ao seu país, despertando a atenção da comunicação social, onde afirma em todas as entrevistas sentir-se bem em Portugal e no Benfica. Já a desfrutar de uns dias de descanso no Brasil, Talisca assegura: "Vou de férias com a sensação de dever cumprido".