Miller Bolãnos, avançado internacional equatoriano de 25 anos, pode tornar-se na mais recente novela do #Mercado de Transferências, adivinhando-se uma luta acesa entre #Sporting e FC Porto para garantir a sua contratação. Esta será, de resto, a segunda disputa entre leões e dragões neste mercado de transferências, depois do FC Porto ter levado a melhor na primeira: Danilo Pereira, médio internacional português que pertencia ao Marítimo, assinou pelos azuis e brancos.

Já Miller Bolaños, que tem dado nas vistas ao serviço do Emelec e que brilhou a grande altura na Copa América, pelo Equador, surgiu esta segunda-feira como potencial alvo da Udinese, de Itália. Segundo os meios de comunicação equatorianos, o Emelec pede oito milhões de euros para libertar o avançado, que tem também sido seguido atentamente pelo Nápoles. Os representantes do jogador, no entanto, pretendem colocá-lo num clube da Península Ibérica. Nesse sentido, o Villarreal foi o primeiro a demonstrar interesse perante a oferta.

No entanto, no início desta semana, também Portugal surge no radar de Bolaños. Além do FC Porto, que perguntou valores e ficou de dar uma resposta, também o Sporting pretende saber mais sobre as condições para resgatar um jogador que faz parte da lista de nomes entregue por Jorge Jesus à administração da SAD, aquando da sua chegada a Alvalade.

O Emelec, de resto, está consciente que Bolaños dificilmente vai continuar no Equador, mesmo apesar de ter renovado recentemente contrato até 2018. Nessa altura, a direção do clube deixou em aberto a possibilidade de negociar o jogador caso chegasse uma boa proposta.

Recorde-se que o FC Porto procura uma solução atacante para concorrer com Aboubakar pela titularidade, depois da venda de Jackson Martínez. Gonçalo Paciência, um dos jogadores que tentou a sua sorte no plantel, vai ser emprestado à Académica, ficando André Silva, mas com indicações para ir ganhando ritmo ao serviço da equipa B portista.

Já o Sporting pretende mais uma unidade para o ataque. Com Téo Gutierrez e Fredy Montero, dupla colombiana, de pedra e cal nos planos de Jorge Jesus, Islam Slimani é um jogador com muito mercado e pelo qual os leões podem abrir mão mediante uma boa proposta financeira, aguardando-se o avanço oficial de um emblema inglês. Nesse sentido, Bolaños seria a opção para concorrer com os colombianos, sabendo-se que Tanaka não tem espaço nos planos do novo treinador e, ao que tudo indica, será emprestado. A prioridade passa por manter o atacante japonês a atuar em Portugal, de modo a acompanhar mais de perto a sua evolução. #F.C.Porto