O melhor do mundo anda mesmo irritado com a imprensa. Depois de há algum tempo atrás ter pedido para que o deixassem em paz, Cristiano Ronaldo perdeu de vez a paciência com os jornalistas, ou terá sido apenas com o seu assessor? A poucos dias de começar a próxima época desportiva, o internacional desdobra-se em entrevistas numa antevisão da época que agora se prepara. Num desses momentos o jogador aborreceu-se durante uma entrevista e teve mesmo de abandoná-la, repreendendo de seguida o seu assessor.

Apesar dos rumores que foram surgindo nos últimos meses de que o craque português estaria de saída do Real Madrid, tudo não passou mesmo de apenas rumores. Numa antevisão de como será a próxima época 2015/2016, #Cristiano Ronaldo concedeu uma entrevista à SNTV, agência desportiva, onde falou do novo treinador, do colega Sérgio Ramos e de uma possível saída para o Manchester United. No fim acabou por abandonar o local. Perante a insistência do jornalista, Cristiano considerou que não era da sua responsabilidade acabar com as perguntas insistentes do profissional.

Quando questionado sobre o novo treinador da equipa, Rafael Benitez, que irá substituir esta época Carlo Ancelotti, o jogador afirmou que "nunca trabalhei com ele antes. É um treinador com experiência, vamos ver…", como noticia o semanário Sol. Adianta ainda que se encontra ansioso por começar a trabalhar e por ver se esta época conquistam alguns títulos. A persistência do jornalista em colocar mais uma questão levou a que o jogador concordasse, mas no vídeo que anda a circular pela internet ouve-se a voz do assessor a dizer "acaba, acaba".

Foi com alguma falta de paciência e revirar de olhos que o jogador disse para o assessor que não manda nada, afirmando que "ele está aqui a fazer perguntas. Queres que eu seja bruto com o homem?". Depois de se despedir dos jornalistas, o craque repreendeu o seu assessor afirmando que "vocês é que têm de fazer essa parte. Não sou eu que tenho de ser estúpido para as pessoas", como assegura o semanário português. A câmara manteve-se ligada e ouviu-se a reprimenda. No fim o craque apertou a mão do jornalista num gesto demonstrativo de que não era com ele que estava chateado.