Ricardo Quaresma está novamente de saída do FC Porto. O internacional português vai voltar a vestir a camisola dos turcos do Besiktas, clube que já havia representado entre 2010 e 2012. O negócio que leva o extremo de volta à Turquia rende um milhão e duzentos mil euros aos cofres "azuis e brancos", depois de Quaresma ter chegado ao Dragão sem que o FC Porto tivesse que compensar financeiramente qualquer outro clube. O antigo camisola 7 portista assinou um contrato válido para as próximas duas temporadas, com mais uma de opção. Conforme anunciou o seu novo clube, o jogador fica a auferir um salário na ordem dos 1.768 milhões de euros anuais, valor que diminui para os 1.6 na segunda época e que volta ao montante inicial caso o Besiktas pretenda contar com Quaresma por uma terceira temporada consecutiva.

Em jeito de despedida, o "Mustang", como é vulgarmente conhecido, destacou a forma como foi recebido no FC Porto, algo que, garante, nunca irá esquecer. Quaresma referiu que deu sempre o seu melhor pelos "dragões" e deixou um agradecimento especial ao presidente "azul e branco", Pinto da Costa, assim como às claques, sócios, apoiantes e simpatizantes do clube que representou nas duas últimas temporadas e pelo qual já tinha jogado entre 2004 e 2008, quando regressou a Portugal proveniente do Barcelona.

Na chegada à Turquia, Quaresma mostrou-se satisfeito por voltar a vestir a camisola do Besiktas, uma notícia que deixou os adeptos do clube em estado de euforia. "Estou muito feliz por estar aqui e estou a pensar como posso corresponder a todo este entusiasmo", garantiu o internacional luso em declarações ao canal oficial do Besiktas, não esquecendo também o "grande esforço" que a direção do clube turco levou a cabo para que se consumasse o seu regresso.

"Estou a abrir uma nova página", referiu ainda Quaresma, visivelmente satisfeito por voltar a representar um clube onde foi muito acarinhado e, por isso, deixou saudades. Quaresma deixa o FC Porto como o segundo jogador português com mais golos no Estádio do Dragão, sendo batido apenas por Silvestre Varela. #Futebol #F.C.Porto #Mercado de Transferências