Bruno Alves deixou saudades no campeonato de futebol português. O central continua a fazer parte das opções da selecção nacional, agora orientada por Fernando Santos, mas faz ainda a cobiça dos clubes portugueses. No Fenerbahçe há três épocas, Bruno Alves, de 33 anos, não fecha as portas a um regresso a Portugal. Em entrevista ao jornal O Jogo, o português admite o interesse do #Sporting, mas não esquece o amor pelo FC Porto, onde sonha terminar a carreira.

O central português está no radar de Alvalade há vários meses. E mesmo com a chegada de Jorge Jesus ao Sporting, o interesse não esmoreceu. Aos 33 anos, o craque parece manter todas as qualidades que fizeram dele um dos defesas mais seguros da Europa, a que junta agora uma maior experiência. Na Turquia, as coisas não têm corrido nada mal a Bruno Alves, que vê com bons olhos a chegada do treinador Vítor Pereira. No entanto, o atleta não esconde a vontade de voltar a jogar no campeonato português e terminar a carreira no FC Porto seria mesmo ouro sobre... azul.

Apesar de não esconder a paixão que o liga ao clube que representou por seis anos (2005-2011), Bruno Alves não rejeita a hipótese de vestir outra camisola, em Portugal. E, nesse sentido, foi o Sporting a estar mais perto de devolver o central aos relvados nacionais. "Houve um interesse do Sporting, mas não se concretizou", revelou o central, em declarações ao jornal O Jogo. Um interesse que agradava a Bruno Alves, que pese a ligação sentimental aos 'dragões', não rejeita uma grande equipa como o Sporting: "Para mim, todas as boas equipas são apetecíveis", concluiu. 

Com a hipótese Sporting cada vez mais longe, Bruno Alves diz que ainda tem mais uma época de contrato com o Fenerbahçe que pretende cumprir e "depois logo se verá". Sobre o FC Porto, Bruno Alves revelou-se muito satisfeito com as apostas do clube para a nova época, sobretudo Iker Casillas, uma "referência do futebol mundial", que na opinião do central português será "muito benéfico em todos os aspectos" para o clube. Sobre um possível regresso ao FC Porto, Bruno Alves não escondeu o jogo: "Não me importava nada de voltar. Para mim, será sempre a minha casa. Vai depender sempre de um convite, e eu não quero estar a oferecer-me, que fique claro, mas também digo que, se ele for feito, claro que o aceitarei".  #F.C.Porto #Mercado de Transferências