O Jornal de Notícias afirma que o internacional português Ricardo Quaresma, de 31 anos, não está nos planos do treinador Julen Lopetegui para o FC Porto 2015/2016. O atleta tem contrato válido por mais uma época. A sua saída está a ser tratada com "pinças", uma vez que tem uma ligação muito forte com os adeptos. A entrevista que Quaresma deu recentemente ao Record não terá agradado a Pinto da Costa, o que poderá assim também facilitar ainda mais a sua saída.

No Sábado, o jornal Record referia que Quaresma considerava Jesus um treinador superior a Mourinho. Especulou-se desde então que o jogador poderia ter interesse em regressar a Alvalade. No entanto, segundo o IOL, Ricardo Quaresma (que ainda se encontra em período de férias), admitindo ser amigo de Jorge Jesus, não considera a hipótese de jogar no Sporting. "O facto de ser amigo do Jorge Jesus não significa de forma nenhuma que eu queira jogar na equipa que ele treina. (...) a equipa do meu coração é o Porto, (...) em Portugal não me imagino a jogar noutro clube".

A confirmar-se a sua saída, o futuro do jogador deve assim passar de novo pelo estrangeiro. Depois de Barcelona, Chelsea, Inter de Milão, Besiktas (onde brilhou) e Al Ahli (Emirados Árabes Unidos), o seu futuro pode passar novamente pela Turquia. O Bursaspor estava convicto que ia contar com o jogador: "Vou trazer o Quaresma, se ele desejar voltar à Super League [campeonato turco]". disse o presidente Recep Bolukbasi ao jornal "Fanatik". No entanto, o clube e o jogador terão rejeitado o convite. O Galatasaray deseja dar 2 milhões por ano ao "Mustang". E também o Besiktas quer contar novamente com Quaresma, uma opção agrada ao jogador.

Quaresma, que jogou no total 5 épocas no FC Porto (com duas passagens: a primeira teve a duração de 4 temporadas e esta última pode ter sido uma época e meia), é um dos "poucos" símbolos do Porto vencedor (conquistou 3 campeonatos, 1 Taça de Portugal, duas Super Taças e uma Taça Intercontinental. Todos os seus  títulos foram ganhos entre 2004 a 2008).

As relações entre Lopetegui e Quaresma são tensas. O primeiro momento menos amigável aconteceu no início da época passada, após o FC Porto ter ganho na 1ª mão da eliminatória em Lille . O técnico espanhol não convocou o atleta para o jogo seguinte, contra o Paços de Ferreira, e poderá mesmo ter dito ao jogador, que se não mudasse de comportamento, poderia rumar a outras paragens.

Outro dos célebres momentos, foi o abraço de Quaresma a Jesus, no fim do empate a zero entre Benfica e FC Porto (que praticamente deu o título às "águias"), o que terá enfurecido Lopetegui, e que os próprios adeptos não terão gostado.  Também no jogo com o Beleneneses, Quaresma não gostou de não ter jogado mais minutos e quando saiu do campo, ignorou Lopetegui.  #Futebol #F.C.Porto