Bruma está muito próximo da Real Sociedad. O regresso a Alvalade do extremo formado no Sporting, noticiado várias vezes pela imprensa desde o final da época, deixa, portanto, de ser uma possibilidade. Os "leões" não exerceram o direito de opção de compra sobre o jogador, decisão que comunicaram esta sexta-feira ao Galatasaray, depois de levarem vários dias a analisar um possível negócio e aspetos como a forma de pagamento do valor da transferência. Assim, o clube turco recebeu a luz verde necessária para completar o negócio, que estará muito perto de ser oficializado. Para que tal aconteça falta apenas que Bruma realize os exames médicos na sua nova equipa e assine o respetivo contrato.

Bruma vai, ao que tudo indica, assinar por quatro épocas, até junho de 2019. A transferência deverá consumar-se por 8 milhões de euros, num negócio que ainda vai render dinheiro ao #Sporting. Devido às regras impostas pelo mecanismo de solidariedade da FIFA, e dado que o atleta completou seis anos sob formação do Sporting (de 2007/2008 a 2012/2013), o conjunto "verde e branco" tem direito a 2,25 por cento do valor da transferência, o que significa que irão entrar 180 mil euros nos cofres leoninos.

No acordo que levou à venda de Bruma ao Galatasaray, no verão de 2013, ficou ainda estipulado que o Sporting receberia 25 por cento da mais-valia de uma futura transferência. No entanto, a saída de Bruma de Alvalade deu-se por 10 milhões de euros, o que significa que o conjunto turco não conseguiu gerar qualquer mais-valia com o negócio que estará prestes a finalizar.

Além do valor da transferência de há dois anos e dos 180 mil euros agora recebidos pelos direitos de formação do jogador, Bruma ainda rendeu uma quantia considerável ao Sporting. Note-se que os "leões" já haviam recebido 1.8 milhões de euros, uma vez que ficou também definido que o Galatasaray poderia pagar até mais 3 milhões pela transferência consoante o rendimento individual do atleta na Turquia, assim como o cumprimento de determinados objetivos por parte do clube. #Futebol #Mercado de Transferências