O #Benfica pretende há muito a contratação do lateral-esquerdo argentino Cristian Ansaldi. A equipa de Rui Vitória precisa de reforçar a posição e o jogador do Zenit parece encher as medidas. As condições negociais estavam a adiar a transferência e havia ainda o desejo do Benfica em fazer regressar Fábio Coentrão. No entanto, o internacional português está cada vez mais longe da Luz (e mais perto do Paris SG), o que faz intensificar o desejo por Ansaldi. Mas, o Benfica terá, agora, um forte concorrente: depois da saída de Alex Sandro, o FC Porto já perguntou por Ansaldi e as boas relações com André Villas-Boas podem mesmo desbloquear o desvio do argentino para o Dragão. 

Para a saída de Ansaldi da Rússia, há um pedido de cinco milhões de euros pelo clube e ainda os 2,5 milhões de euros de salário anual do atleta. O Benfica tem-se mostrado reticente face a estes valores e já fez saber da necessidade do jogador em baixar o salário. O que nem seria problema. O argentino quer mesmo sair do Zenit e, segundo o jornal Record, está disposto em baixar o salário e até já estaria a pressionar o clube russo para facilitar a sua saída. Agora, no campeonato russo, é obrigatória a presença em cada onze inicial de cinco jogadores de nacionalidade russa, situação que deixará Ansaldi em dificuldades na equipa. 

Apesar disso, o Correio da Manhã informa que o FC Porto está mais perto de garantir o defesa. O clube do Dragão já terá mostrado disponibilidade em pagar os cinco milhões de euros e ainda o salário que o atleta estava a auferir na Rússia. As boas relações entre os clubes desde a venda de Hulk são uma realidade e há ainda a excelente relação entre FC Porto e o treinador português do Zenit, André Villas-Boas. "Ele está a debruçar-se sobre várias possibilidades e esperamos para ver o que irá acontecer", disse o treinador português sobre o jogador de 28 anos, citado pelo Correio da Manhã

Depois da venda de Alex Sandro para a Juventus, o FC Porto pretende um jogador para ocupar esta posição e Ansaldi pode ainda jogar na lateral-direita. Aly Cissokho, na primeira chamada à equipa titular, no empate a um golo frente ao Marítimo, acabou por desiludir os adeptos portistas e fez crescer a necessidade da equipa em reforçar esta posição na defesa. #F.C.Porto #Mercado de Transferências