Mario Balotelli vai ter a sua derradeira oportunidade no mundo do futebol de alto nível, ao regressar ao AC Milan por empréstimo de uma época do Liverpool com opção de compra. Depois da sua contratação ter sido confirmada e Balotelli ter sido oficialmente apresentado, o clube de Milão deu a conhecer as rígidas regras que vai impor ao internacional italiano, com o objectivo de mostrar todo o seu potencial em campo. Damos a conhecer o "estilo militar" que Balotelli vai enfrentar, de acordo com um artigo publicado pela Gazzetta dello Sport. Balotelli não vai poder fumar, frequentar discotecas e ter cortes de cabelo extravagantes.

"Super Mario" tem sido mais famoso pelos seus comportamentos fora de campo do que propriamente pelos golos que é suposto marcar. Desta vez, o AC Milan não vai brincar em serviço e já proibiu Balotelli de fumar e beber também vai ser drasticamente limitado. A vida das discotecas é algo que o avançado também vai ter deixar para trás. Deitar bem cedo e apresentar-se a horas nos treinos é a nova política do clube para o avançado. Alguns leitores possivelmente já estavam habituados às roupas e cortes de cabelo extravagantes que Balotelli apresentava quase todas as semanas, mas desta vez isso acabou. O jovem rebelde vai passar a apresentar uma vestimenta e cortes de cabelo "normais". No entanto o duro regime implementado pelo clube italiano não fica por aqui. O AC Milan proibiu estritamente Balotelli de pôr em causa a sua imagem e a do clube que representa nas redes sociais, nomeadamente no Facebook, Twitter e Instagram. As suas contas serão seguidas com atenção pelos responsáveis italianos.

A primeira entrevista de Balotelli depois do regresso 

'Super Mario' deu uma breve entrevista ao site oficial do AC Milan durante a sua apresentação oficial com a camisola dos rossoneri. "Estou muito feliz por estar de volta! Agora só preciso de me concentrar para provar o meu valor e tenho a consciência de que preciso de trabalhar muito e falar menos", afirmou Balotelli. O renovado jogador disse ainda que "sempre sonhei em regressar ao AC Milan, um clube que guardo no meu coração. Se vou acabar aqui a minha carreira? Não sei, o que eu quero agora é começar a trabalhar e fazer uma boa época". #AC Milão #Mercado de Transferências