Este artigo é a segunda parte (a primeira parte já foi lançada) de um conjunto de artigos em que vamos descobrir onde se encontram os jogadores que fizeram parte do plantel da Seleção Nacional sub-20 em 2011, no Mundial da Colômbia. Com o apoio de ferramentas como o site Zerozero.pt e o TransferMarkt, veremos se o futuro risonho que lhes era destinado foi cumprido ou não - tendo em conta que, dada a sua juventude, todos eles ainda poderão ter boas oportunidades pela frente.

Tiago Ferreira era o jogador mais novo da equipa portuguesa na competição. Com 17 anos de idade, o David Luiz português representava os Juniores do Futebol Clube do Porto à data da competição. Alinhou em cinco partidas no Mundial da Colômbia. Atualmente, com 22 anos, representa o Clube de Futebol União da Madeira, que milita na Primeira Liga Portuguesa. Sem nenhum minuto ao serviço da equipa principal portista, o jogador abandonou a equipa secundária do FC Porto na época 2014/2015 rumo à Bélgica, para representar o Zulte Waregem. A experiência não foi bem sucedida, estando apenas em três jogos da formação belga. O atleta participou também no Mundial sub-20 de 2013 ao serviço de Portugal.

Cédric Soares foi o dono e senhor da posição de lateral-direito. Viajou para o Mundial da Colômbia com 19 anos de idade e com participação em 5 jogos pela equipa principal do Sporting Clube de Portugal na época 2010/2011. Na época seguinte calhou-lhe um empréstimo à Académica de Coimbra, onde realizou uma grande temporada. Na época 2012/2013, depois de 2 jogos na equipa B do Sporting, Cédric conquistou a lateral-direita da equipa principal leonina, realizando 23 jogos e marcando 1 golo. Nas épocas seguintes (2013/2014 e 2014/2015) continuou dono e senhor da posição no Sporting Clube de Portugal. No início da época 2015/2016 foi transferido para o Southampton FC, da Primeira Liga Inglesa por 6 milhões de euros (João Pereira foi o escolhido para o substituir no Sporting). Atualmente com 23 anos, conta com 4 internacionalizações pela Seleção Portuguesa de Futebol.

A lateral-esquerda da Seleção foi dividida entre Luís Martins e Mário Rui. Luís Martins pertencia aos Juniores do Sport Lisboa e Benfica e participou em 4 jogos do Mundial. Na época 2011/2012 fez parte do plantel principal dos encarnados, participando em 5 jogos. Na época 2012/2013 foi apenas opção na equipa B do Benfica (15 jogos), o que precipitou a saída a meio da época para o Gil Vicente. Manteve-se no emblema de Barcelos até ao início da época 2014/2015, quando se transferiu para o Granada. Atualmente com 23 anos, pertence aos quadros do Granada (1ª Divisão Espanhola), estando por empréstimo no Osasuna (2ª Divisão Espanhola).

O outro lateral-esquerdo da seleção sub-20 do Mundial da Colômbia foi Mário Rui. À data da competição representava o Fátima por empréstimo do Sport Lisboa e Benfica. Na época seguinte, o Benfica deixou sair o lateral-esquerdo sair a custo zero para o Parma. Nessa mesma época o Parma emprestou Mário Rui ao AS Gubbio 1910. Na época 2012/2013 seguiu-se novo empréstimo, desta feita ao Spezia. As boas exibições ao serviço do Spezia levaram o Empoli a garantir a aquisição de Mário Rui na época 2013/2014. Nessa época o lateral-esquerdo português participou em 26 jogos pelo Empoli, ajudando o emblema italiano a subir à Serie A. Na primeira época na Serie A, Mário Rui foi indiscutível no plantel participando em 37 jogos. Atualmente com 24 anos, o lateral-esquerdo natural de Sines continua a representar o Empoli na Serie A. #Selecção #Por onde anda...