Este artigo é a terceira parte de um conjunto de artigos em que vamos descobrir onde se encontram os jogadores que fizeram parte do plantel da Seleção Nacional sub-20 em 2011, no Mundial da Colômbia. Com o apoio de ferramentas como o site Zerozero.pt e o TransferMarkt, veremos se o futuro risonho que lhes era destinado foi cumprido ou não - tendo em conta que, dada a sua juventude, todos eles ainda poderão ter boas oportunidades pela frente.

O meio-campo desta Seleção era composto por: Pelé, Júlio Alves, Saná, Alex, Danilo Pereira, Sérgio Oliveira e Ricardo Dias.

Pelé, à data da competição com 19 anos, pertencia à equipa sénior do Belenenses. Com três épocas no plantel sénior do emblema de Belém, o atleta participou em 21 jogos pelos azuis do Restelo na época 2010/2011, antes de integrar a convocatória para o Mundial sub-20. No Mundial da Colômbia foi um dos indiscutíveis, tendo participado nos 7 jogos realizados. O fim do Mundial reservou-lhe uma mudança para Itália, mais propriamente para o AC Milan. Fez parte do plantel sub-20 do emblema de Milão na época 2011/2012. Na época seguinte iniciaram-se os empréstimos. Em 2012/2013 foi emprestado ao Arsenal de Kiev, onde apenas participou em 5 jogos. Na época seguinte foi emprestado ao Sport Clube Olhanense, tendo participado em 16 jogos. A época 2014/2015 foi a melhor época de Pelé até ao momento. Emprestado pelo Milan ao Belenenses, realizou 39 jogos e marcou 7 golos. A época bem conseguida valeu a compra do seu passe por parte do Sport Lisboa e Benfica. Atualmente com 23 anos, inicia a época 2015/2016 no Paços de Ferreira por empréstimo das águias, tendo participado já em 3 jogos e marcado 1 golo.

Júlio Alves foi titular em quatro jogos e suplente utilizado em outros dois. O irmão de Bruno Alves e Geraldo chegou à competição com 20 anos, após uma época repartida entre Ribeirão (emprestado pelo Rio Ave) e Rio Ave, fazendo no total 10 jogos na época 2010/2011. Adquirido pelo super-empresário Jorge Mendes, Júlio Alves partiu para Madrid na época 2011/2012 para representar o Atlético de Madrid. No entanto, a meio da época foi contratado pelo Besiktas, da Turquia, sem nunca sequer ter jogado pelo emblema de Madrid. Na Turquia participou em 6 jogos. Na época 2012/2013 é emprestado pelo emblema turco ao Sporting, sendo apenas opção na equipa B leonina por 11 vezes. Em 2013/2014 foi contratado pelo Rio Ave, o que marcou um regresso a casa. Ainda assim, apenas participou em 4 jogos e na época seguinte (2014/2015) nem sequer jogou pelo emblema de Vila do Conde. Atualmente com 24 anos, Júlio Alves está sem clube e à procura de um novo rumo à carreira.

Saná foi titular em 2 jogos e suplente utilizado noutro jogo, acumulando 3 assistências ao longo da competição. O futuro parecia promissor para o atleta formado no Sport Lisboa e Benfica, mas a sorte não sorriu ao atleta. Depois do empréstimo ao Servette da Suíça em 2010/2011, onde participou em 8 jogos, o jogador de 19 anos terminaria o contrato com as águias. Aqui a vida de Saná dá uma volta de 180 graus. Após a assinatura de contrato com os espanhóis do Valladolid, da Segunda Divisão Espanhola, na época 2011/2012, o jogador apenas participou em 2 jogos e desde esse último jogo que não competiu. Manteve a forma em clubes como a Académica, o Poli Timisoara da Roménia ou até mesmo o Botafogo da Bahia, no Brasil, até ao fim do contrato. Em 2014/2015 o Sporting Clube de Braga garantiu a sua contratação, tendo participado em 21 jogos pela equipa B bracarense e participado num jogo pela equipa principal. Atualmente com 23 anos, pertence aos quadros do Sp. Braga, sendo que deverá manter-se na equipa B. #Selecção #Por onde anda...