O agente "especial" Jorge Mendes aumentou o poder de decisão no #Benfica. O agente de Cristiano Ronaldo tem sido decisivo em alguns dos melhores negócios do Benfica e já assegurou mais algumas estrelas do plantel encarnado. Rui Vitória tem apostado nos jovens, lançando-os na equipa, e não serão só os adeptos do Benfica que estão a gostar de os ver em acção. Jorge Mendes está a seguir cada passo dos "miúdos" e já avançou para o agenciamento. Victor Andrade e Nélson Semedo estão a encantar em campo e já assinaram com a Gestifute, de Jorge Mendes. 

Para muitos, o português é o melhor empresário do mundo. E não é apenas um rótulo. Jorge Mendes será mesmo quem mais ganha com os negócios no futebol, nas transacções de grandes estrelas. Cristiano Ronaldo é o nome mais sonante entre os agenciados, mas Mendes é o homem por detrás de grandes transferências e por muitos milhões de euros gerados. Em Portugal, é no Benfica onde mais se tem destacado. 

Agora, são os jovens que lhe estão a encher as medidas. De acordo com o jornal O Jogo, Gonçalo Guedes foi o primeiro a "assinar" com Mendes, e tem já uma cláusula de rescisão fixada nuns exorbitantes 60 milhões de euros. Depois do atacante de 18 anos, Jorge Mendes já garantiu as outras maiores promessas do Benfica. Nélson Semedo (que se destacou frente ao Estoril, na primeira jornada), Lindelof, João Teixeira, Bilal Ould-Chikh e Victor Andrade, que também jogou no primeiro encontro do campeonato, são as novas coqueluches do Benfica e de Jorge Mendes. 

À primeira vista, é mais uma constatação do talento e potencial das jovens estrelas do Benfica. No entanto, conhecendo-se a perspicácia de Jorge Mendes, sempre disponível para um bom negócio, isto pode significar uma valente dor de cabeça para Rui Vitória. É que com Jorge Mendes não há tempo a perder e poderá já ter em vista novas oportunidades para qualquer um dos jogadores. O que nem seria pioneiro, tendo em conta os "super negócios" recentes com jovens estrelas do Benfica. 

O agente foi o responsável pelas vendas milionárias de André Gomes e João Cancelo para o Valência, e de Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro para o Mónaco. Os jovens jogadores foram colocados por valores a rondar os 15 milhões de euros cada, rendendo um total de 60 milhões de euros para os cofres da Luz. 

À margem desta equação, é também Jorge Mendes que está a tratar da transferência do argentino Nico Gaitán, ao que tudo indica para o Manchester United. O português não é o agente de Gaitán, mas está autorizado pelo Benfica a gerir esta situação, o que confirma as boas relações entre o empresário da Gestifute e os campeões nacionais.  #Mercado de Transferências