O #Benfica entrou para a história, ao alcançar a maior goleada na #Liga dos Campeões Europeus de juniores frente ao Astana. 8-0 foi o resultado final, em partida disputada no Seixal, o que superou o 7-0 registado pelo Chelsea diante do Maribor. Diogo Gonçalves foi o principal marcador, com três golos, enquanto José Gomes e Hildeberto Pereira sobressaíram com um bis cada um. O outro tento pertenceu a Gonçalo Rodrigues. A equipa treinada por João Tralhão foi claramente superior, sendo avassaladora sobretudo na primeira parte, pois marcou seis dos oito golos apontados perante este adversário do Cazaquistão.

Os encarnados entraram bem na partida e, logo aos dez minutos, Diogo Gonçalves inaugurou o marcador. José Gomes aumentou a vantagem para 2-0 aos 21 minutos e, no espaço de dez minutos, surpreendeu o adversário com três golos concretizados. Diogo Gonçalves e José Gomes voltaram a assinar remates certeiros, enquanto Gonçalo Rodrigues estreou-se a marcar nesta partida. Pouco antes do intervalo, Hildeberto Pereira disparou uma "bomba", já comparada ao golo de Talisca, na partida com o Belenenses, na última jornada da I Liga portuguesa.

Na segunda parte, mesmo com ritmo naturalmente reduzido porque a vitória estava garantida, o Benfica aumentou a contagem por Diogo Gonçalves e Hildeberto aos 55 e 78 minutos.

A equipa portuguesa alinhou com os seguintes jogadores: André Ferreira, Francisco Ferreira, João Lima, Yuri Ribeiro, Pedro Rodrigues, Gonçalo Rodrigues, João Carvalho (Bruno Lourenço, 67m), Diogo Gonçalves (Tiago Dias, 72m), Buta, Hildeberto Pereira, José Gomes (João Filipe, 56m). 

Liderança garantida

O Benfica lidera assim o Grupo C, com três pontos, em igualdade pontual com o Atlético de Madrid, mas em clara vantagem na diferença entre golos marcados e sofridos. Os colchoneros derrotaram nesta jornada o Galatasaray por 3-1.

Na próxima jornada, agendada para 30 deste mês, as águias visitam o Atlético Madrid, na capital de Espanha, enquanto o Galatasaray desloca-se ao Cazaquistão para defrontar o Astana.