Ivan Zamorano, ídolo do #Real Madrid nos anos 90, sofreu, nesta terça-feira, 15 de Setembro, um grave acidente de viação na Avenida Del Libertador Y Casares, em Buenos Aires, capital da Argentina, noticia o site do "La Opinión". O carro do antigo goleador chileno, que viajava acompanhado por María Alberó, sua mulher, capotou depois de ter batido noutro veículo, conduzido por um romeno de 17 anos. Apesar do aparato, Zamorano, de 48 anos, e a modelo, assistida no hospital depois de transportada por helicóptero, apenas sofreram ligeiros ferimentos. Segundo vários meios de comunicação chilenos, o casal estava a gozar férias no país das pampas.

Zamorano chegou ao Real Madrid em 1992/93, depois de ter sobressaído no Sevilha, primeiro clube que representou em Espanha, após ter jogado com as cores do St. Gallen, na Suíça, durante três temporadas. Com a camisola dos merengues conquistou uma liga de Espanha, uma Taça do Rei e uma Supertaça espanhola. Em 1992/93 destacaram-se os 37 golos marcados em 45 jogos disputados e, em 1994/95, apontou 31 tentos em 44 partidas ao serviço do Real Madrid. 

Depois de brilhar em Espanha, Zamorano transferiu-se para o #Inter Milão, outro gigante do futebol mundial, embora sem nunca atingir o mesmo registo de golos apresentado no Real Madrid. Apesar disso, festejou a conquista da Liga Europa, em 1998, dois anos antes de alcançar um dos feitos mais importantes como internacional chileno: nos Jogos Olímpicos de Sidney, ganhou a medalha de bronze e foi o melhor marcador do torneio, com seis golos apontados. Na selecção principal do Chile Ivan Zamorano celebrou 34 remates certeiros em 69 partidas disputadas.

Regresso ao Chile

Ivan Zamorano ingressou no América do México, um dos clubes mais importantes deste país da América Central, depois de colocar um ponto final na aventura europeia em 2000/2001. Três épocas mais tarde voltou ao Chile para terminar a carreira no prestigiado Colo Colo. No seu país, o histórico avançado começou o seu percurso no Cobresal, em 1983, onde permaneceu durante cinco anos, embora em 86/87 tenha sido emprestado ao Transadino.  #Acidente Rodoviário