O actual presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho, foi convidado especial no programa desportivo “Prolongamento”, transmitido pela TVI24. Entre as muitas declarações, tais como “Luís Filipe Vieira foi um covarde no processo de renovação de Maxi Pereira”, destaca-se um tema que gerou polémica: as ofertas por parte do Sport Lisboa e Benfica a todos os árbitros e assistentes que apitam jogos da equipa principal e secundária. Bruno de Carvalho chegou mesmo a levar um exemplo do que era oferecido aos árbitros e o pacote incluía uma camisola oficial do #Benfica, um jantar para quatro pessoas e visita ao Museu Cosme Damião, que fazendo as contas ao longo de uma época, segundo o próprio, rondará os 250 mil euros, visto que o jantar poderá ascender até 500/600 euros, dependendo do que se peça.

A verdade é que segundo o jornal desportivo “Record”, na sua edição de hoje 7 de Outubro, avança com a confirmação das declarações do presidente dos leões, dada por árbitros não identificados. O referido jornal diz mesmo que “árbitros contactados pelo Record confirmaram ontem que o Benfica efectivamente faz as ofertas referidas por Bruno de Carvalho”, o referido pack premium. Quanto a este assunto, os regulamentos da UEFA são claros e não proíbem os árbitros de receberem lembranças do clube desde que estas não ascendam os 200 francos suiços (cerca de 180 euros).

Recorde-se que Bruno de Carvalho apontou um valor total a rondar os 500/600 euros a cada árbitro mas uma fonte não identificada do Benfica já terá desmentido ao mesmo jornal dizendo que o “plafond estabelecido é de 35 euros por pessoa, limitado apenas a pratos do dia”. A confirmar-se este valor, o Benfica estará a cumprir os regulamentos da UEFA, dado que não ultrapassa os 180 euros.

A mesma fonte adianta ainda as ofertas/cortesias que os clubes têm para com os árbitros. Futebol Clube do Porto e Moreirense ficam-se pela alimentação básica e água, enquanto clubes como o #Sporting de Braga, Rio Ave, Boavista, Belenenses, Tondela e Guimarães ficam-se pelo serviço de catering e bebidas. Outros clubes como o Sporting, Nacional da Madeira e Marítimo poderão oferecer eventualmente uma camisola de jogo mais comida. Apenas dois clubes não oferecem qualquer lembrança ou cortesia: Académica e União da Madeira. #Futebol