O #Benfica continua absolutamente demolidor na Liga dos Campeões para juniores: em Istambul, diante do Galatasaray, os encarnados venceram por 11-1 e estabeleceram novamente a goleada mais volumosa na história da competição, depois de, na primeira jornada, terem entrado para o livro de recordes, ao derrotarem em casa o Astana por 8-0. Diogo Gonçalves e José Gomes foram os goleadores mais inspirados, com dois "hat-tricks", mas João Carvalho também se destacou, ao protagonizar um bis. As jovens águias continuam, portanto, no primeiro lugar, com nove pontos somados, mais três do que o Atlético de Madrid, além de 21 tentos concretizados e apenas dois sofridos. Os espanhóis protagonizaram a outra vitória expressiva do mesmo grupo, ao vencerem em casa o Astana por 7-1.

Curiosamente, o encontro nem sequer começou bem para o Benfica, uma vez que esteve em desvantagem no marcador, depois da grande penalidade concretizada por Volkan Issever, aos 17 minutos. A equipa de João Tralhão reagiu muito bem e no espaço de dez minutos marcou quatro golos: Diogo Gonçalves bisou, enquanto que os outros tentos pertenceram a José Gomes e a Ricardo Araújo.

Segunda parte de luxo

Na segunda parte o Benfica não descansou, apesar de já ter ampla vantagem no marcador, aumentando a contagem por intermédio de Diogo Gonçalves. José Gomes marcou depois mais dois golos, seguindo-se os remates certeiros de João Carvalho, Hildeberto Pereira e Francisco Ferreira. No período de descontos, João Carvalho, de grande penalidade, marcou o último golo da histórica partida. 

A formação encarnada volta actuar no próximo dia 3 de Novembro diante dos turcos, pelas 16 horas, no centro de estágios do Seixal. No mesmo dia, a partir das 11 horas, o Atlético de Madrid visita o Astana no Cazaquistão. 

O Benfica alinhou com a seguinte equipa: André Ferreira; Gonçalo Rodrigues, Azemovic, Francisco Ferreira e Yuri Ribeiro (Ricardo Ribeiro, 31'); Renato Sanches, Buta e João Carvalho; Hildeberto Pereira, José Gomes (João Pereira, 68') e Diogo Gonçalves (João Filipe, 64'). Treinador: João Tralhão. #Liga dos Campeões