Depois de Jorge... Gabriel. O #Benfica é um dos clubes interessados na contratação de Gabriel Jesus, avançado brasileiro de apenas 18 anos, atualmente ao serviço do Palmeiras. O interesse dos encarnados no promissor atacante surge na imprensa italiana envolvido numa corrida a três, uma vez que Juventus e Roma também já perguntaram por Jesus e têm sido presenças assíduas nos jogos do Palmeiras, emblema pelo qual o avançado já completou 26 jogos este ano, apontando um total de seis golos. Gabriel Jesus, de resto, está na lista de prováveis jogadores convocados por Dunga para os próximos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro. Um fator que pode fazer cair, desde logo, o interesse do Benfica na sua contratação.

Até ao próximo #Mercado de Transferências, em junho - e nunca antes, uma vez que Gabriel Jesus é extra-comunitário -, o avançado continuará a jogar no Palmeiras mas, no Brasil, já dão praticamente como consumada a saída do jogador no final da temporada. Neste momento, o único entrave a uma possível negociação, além da mais que provável presença nos Jogos Olímpicos, prende-se com a partilha do passe do jovem jogador, algo muito comum na América do Sul mas cada vez mais rejeitado no #Futebol europeu, sobretudo nos clubes que necessitam de cumprir critérios da UEFA.

O Palmeiras detém apenas 30 por cento dos direitos económicos de Gabriel Jesus e, segundo a imprensa brasileira, estará a exigir qualquer coisa como 10 milhões de euros para negociar a venda do avançado. Ao que tudo indica, as negociações, que passarão sempre pelo 'Verdão', deverão depois passar para a agência que representa o jogador e que, claro está, não coloca qualquer entrave a um negócio no verão.

Apesar do interesse do Benfica, que é real e confirmado na imprensa italiana, tudo indica que Juventus e Roma possam antecipar-se. São vários os relatórios que os dois emblemas italianos já têm em sua posse sobre Gabriel Jesus, em observações intensificadas desde que o jovem avançado surgiu no radar das seleções brasileiras.