Numa entrevista ao jornal espanhol As, o ex-árbitro português Marco Ferreira não poupou nas críticas ao presidente do Conselho de Arbitragem, Vítor Pereira, que acusa de favorecer o #Benfica. Depois da polémica levantada por Bruno de Carvalho sobre as ofertas do clube da Luz aos árbitros, foi agora a vez de um árbitro se pronunciar sobre o tema quente do futebol português. Acusações muito fortes a Vítor Pereira, que diz querer "favorecer" sempre o Benfica e que caso um árbitro prejudique, involuntariamente, o clube encarnado, irá, na gíria futebolística "para a jarra". Para exemplificar, Marco Ferreira diz que não apitou o Benfica - FC Porto em Abril deste ano, porque expulsou Luisão em Vila do Conde.

Está ao rubro o tema das arbitragens em Portugal e volta a ser o Benfica a estar debaixo de fogo. Aqui, algo indirectamente. É que segundo as declarações do ex-árbitro português Marco Ferreira, as pressões não vêm do Benfica mas sim do dirigente máximo da arbitragem portuguesa. O que para ele até é facilmente explicável, uma vez que é o Benfica o único clube português dos "três grandes" a apoiar Vítor Pereira. 

Ao jornal As, Marco Ferreira não fala apenas no seu caso, mas sim no geral, afirmando que o mesmo se passava com os seus colegas. Realçando que o Benfica nunca o contactou para o favorecer num encontro, o ex-árbitro de 38 anos afirma que o mesmo não pode dizer sobre Vítor Pereira. "Ligava-me a dizer para ter cuidado. E só o fazia antes dos jogos com o Benfica, nunca me ligou antes de um jogo do FC Porto, por exemplo", declarou o ex-árbitro, salientando que o mesmo se passava com os outros árbitros. 

Mas, além do "desejo" para que o jogo corra bem, Marco Ferreira acredita que existia manifesto interesse do presidente da Comissão de Arbitragem de que o Benfica ganhasse. E contou que na última época, após ser nomeado para o Rio Ave - Benfica, Vítor Pereira lhe ligou falando que aquele era "o jogo do título" e que deveria, por isso, "ter cuidado", referindo que caso o jogo corresse bem, o nomearia para o Benfica - FC Porto, em Abril. Marco Ferreira acabou por expulsar um jogador do Benfica, uma decisão que diz ter sido acertada, e a vitória sorriu ao Rio Ave, por 2-1. 

Vítor Pereira não voltaria a ligar a este árbitro, mas também não o nomeou para o Benfica - FC Porto, o que levou Marco Ferreira a concluir que "um bom jogo é aquele que o Benfica ganhe".