A divulgação por parte do Football Leaks do contrato que Jorge Jesus, ex-treinador do Sport Lisboa e #Benfica, celebrou com os leões, poderá deixar o técnico em maus lençóis porque os encarnados poderão usar a data de assinatura a seu favor em tribunal. Recorde-se que o Benfica recusou pagar o mês de Junho a Jorge Jesus, justificando que o mesmo já estaria ao serviço de outra entidade (neste caso o Sporting Clube de Portugal). O clube encarnado foi mesmo para tribunal e reclama o pagamento da cláusula indemnizatória de 7,5 milhões de euros, por parte do agora técnico dos leões.

Com a divulgação do documento do contrato celebrado entre Jorge Jesus e o #Sporting, o Benfica tem agora mais uma prova a seu favor que diz respeito à data de assinatura que remonta a 5 de Junho, data essa que o técnico ainda tinha ligação às águias, visto que o seu contrato só terminava no dia 30 desse mesmo mês. A verdade é que o desfecho desta “novela” está longe de terminar, faltando apurar o que o tribunal levará em conta: se o dia da assinatura do contrato ou o dia em que o técnico assumiu funções de treinador no Sporting.

Na deslocação a Madrid no jogo que opôs Atlético de Madrid e Benfica, onde os encarnados levaram a melhor e venceram por 2-1 (golos de Gaitán e Gonçalo Guedes), os adeptos dos encarnados lançaram tochas para festejar o golo do empate marcado por Nicolás Gaitán. Só que essas tochas lançadas acabaram por atingir alguns adeptos espanhóis. Com esta situação, o clube encarnado corre o risco de ser severamente punido pela UEFA com um jogo à porta fechada (contra o Atlético de Madrid ou Galatasaray). No entanto, como o Benfica já foi multado em 2013 num jogo da Liga Europa contra o Bordéus devido ao arremesso de petardos (que levou a uma multa de 32 mil euros), o receito é ainda maior porque a pena pode ser mais pesada do que apenas um jogo à porta fechada. O próprio presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, já reagiu repudiando este tipo de comportamento, afirmando que “um grupo de arruaceiros manchou o nome do Benfica”. #Futebol