João Lucas, ex-jogador de clubes como o Ginásio de Alcobaça. Académica de Coimbra, Boavista FC e Estrela Vermelha, faleceu no passado mês de Maio. Depois de já ter abandonado o #Futebol prematuramente devido a uma doença, o atleta acabou vítima de morte súbita enquanto dormia. Este domingo, dia 26, ex-companheiros de equipa e muitos anónimos fizeram questão de lhe prestar uma sentida homenagem, no "seu" Estádio Municipal de Alcobaça. Que o seu sorriso viva para sempre.

Foi uma manhã de fortes emoções em Alcobaça. Antigos companheiros de equipa, amigos, familiares e muitos muitos anónimos fizeram questão de prestar homenagem a João Lucas, antigo futebolista do Ginásio de  Alcobaça, Académica de Coimbra, Boavista e Estrela Vermelha de Belgrado, que faleceu em Maio, com apenas 36 anos.

Ainda enquanto jogador, e quando já estava ao serviço do Estrela Vermelha de Belgrado, João Lucas viu-lhe diagnosticado um problema no coração, o que o levou de imediato a abandonar a sua profissão, isto ainda em 2007. A partir daí o atleta continuou vigiado, mas nunca se pensou que poderia vir a ter este desfecho trágico.

A trabalhar no Sindicato dos Jogadores, onde desempenhava as funções de delegado para a Zona Norte, João Lucas continuou a viver com a intensa paixão que sempre punha em tudo o que fazia, até que na madrugada do dia 26 de Maio, e sem que nada o fizesse esperar, acabou vítima de morte súbita.

E foi com o objectivo de recordar a vida de João Lucas, que este domingo centenas de pessoas se juntaram na sua cidade natal, e prestaram uma justa homenagem ao ex-atleta. Do programa fez parte uma romagem ao Cemitério Municipal de Alcobaça, onde o atleta foi homenageado, seguido de um jogo de futebol, onde antigos companheiros de Ginásio de Alcobaça e Académica de Coimbra, assim como alguns familiares e amigos, prestaram uma sentida homenagem ao atleta.

A morte súbita relacionada com o desporto é ainda causa de muitas mortes e que os especialistas em medicina tentam, sem sucesso, conseguir compreender.