Resumo do jogo.

O Chelsea esteve longe de fazer um jogo brilhante e a vitória é aceitável a partir do momento em que se colocou em vantagem. Os blues até começaram a partida a dominar, embora não tivessem criado lances perigosos nesses minutos iniciais. No entanto, o Aston Villa equilibrou a partida, conseguindo em alguns momentos, superiorizar-se aos "Blues". A equipa visitante criou problemas a Bergovic.  A primeira grande oportunidade do encontro pertenceu à equipa de Birmingham. Aos 10', Begovic conseguiu cortar um lance de Hutton, no entanto a bola acabou por chegar novamente a Hutton, mas o remate acabou por ser sem perigo. Aos 31', novamente na área do Chelsea, Gestede quase marcou.O remate saiu por cima da baliza. Aos 33',   surgiu o primeiro lance de perigo do Chelsea. Begovic fez um passe precipitado para um defesa do Aston Villa, e este último estava desatento ( demorando a reagir) deixou-se ultrapassar por Willian, que correu até à área e fez  um passe que resultou em auto-golo de Hutton (numa primeira impressão, parece que Diego Costa, que pressionou Hutton, foi o autor do golo) Motivado, o Chelsea até ao final do primeiro tempo esteve ativo no ataque e os Aston Villa "fechou-se".  Na 2ª parte, aos 53', Diego Costa bisou na partida. Com alguma felicidade na área, conseguiu rematar para o 2-0. O Aston Villa tentou responder, mas não conseguiu criar nenhum lance de perigo. O Chelsea soube controlar os passos do adversário. 

94' - Final da partida. O Chelsea atinge os 24 jogos consecutivo a marcar em casa, mas mais importante que esse feito,  é o fato de estar de regresso às vitórias, somando agora 11 pontos. O Aston Villa continua na maré das derrotas e a confiança da direção e dos adeptos em Tim Sherwood  pode ter diminuído consideravelmente.    

91' - Substituição no Chelsea: Saiu Willian, entrou Remy.

85' - Cartão amarelo para Grealish. Teve uma entrada feia sobre Azpilicueta.

83' - Substituição no Chelsea: Saiu Pedro, entrou Hazard.

80'- Grande jogada entre Pedro, William e Fabregas terminou com um remate deste último que acabou por não levar a direção desejada. 

75' - O Aston Villa tem tentado ameaçar a baliza de Bogovic, mas sem sucesso. O Chelsea está a controlar as ações do adversário. 

74' - Cartão amarelo para Willian por protestos. 

67' - Substituição no Aston Villa: Saiu Ayew, entrou Traore.

63' - Substituição no Aston Villa: Saiu Richardson, entrou Amavi. 

62' - Cartão amarelo para Richardson, fez falta sobre Willian.  

53' - GOLO! GOLO! Diego Costa bisa na partida. Fábregas fez um excelente passe para a área e com alguma sorte, o brasileiro rematou para o 2-0. 

48' - Ayew viu o amarelo. Fez falta sobre Ramirez. 

46' - Substituição no Chelsea: Saiu Loftus Cheek, entrou Matic.

16h02 - Início da 2ª parte. Saiu a jogar o Chelsea.

Resumo da 1ª parte. 

Existiram 3 claras oportunidades de golo, sendo que duas delas foram para o Aston Villa. O Chelsea conseguiu chegar ao golo na sua única grande chance, graças aos erros do guarda redes e da defesa do Aston Villa (Guzan fez um passe precipitado e o defesa mostrou alguma desatenção / lentidão na receção do esférico. Willian recuperou a bola, correu, ao chegar à área, fez um passe, Diego Costa tentou "empurrar" o esférico para o fundo da baliza, mas foi Hutton que ao tentar cortar o lance, acabou por marcar na própria baliza).  Nos últimos minutos do primeiro tempo o jogo deixou de estar equilibrado e viu-se mais o Aston Villa a jogar à defesa e o Chelsea ao ataque. 

47' - Intervalo.

43' - Mourinho reclamou penálti para o Chelsea. Diego Costa caiu na área num lance com Richardson. O árbitro nada assinalou (aparentemente foi uma boa decisão). 

33' - GOLO! GOLO! Guzan e um defesa do Villa fizeram um disparate. O guarda redes passou para um defesa, que não estava atento, a bola acabou por chegar a Willian que avançou no terreno e passou Diego Costa que só teve de empurrar o esférico para o fundo da baliza.

31' - Grande oportunidade para o Villa! Gestede em frente a baliza de Begovic, tentou desviar a bola para o fundo da baliza, mas passou ligeiramente por cima.

24' - 46% de posse de bola para o Chelsea, 54 % para o Aston Villa. 

10' - Grande chance para o Aston Villa! Begovic antecipou-se e evitou jogada perigosa de Hutton, no ressalto a bola chegou novamente a Hutton... mas o remate saiu muito por cima da baliza.  

2' - Chelsea faz passes curtos. Os blues estão a dominar este primeiros minutos, embora ainda não tenham criado qualquer perigo para a baliza de Guzan.

15h - Início da Partida. Saiu a jogar o Aston Villa. 

Sistema tático inicial, onze inicial, suplentes e treinador do Aston Villa.

Sistema tático inicial: 4-2-3-1. 

11 inicial: Guzan (GR), Hutton, Richards (C), Lescott, Richardson, Gueye, Westwood, Grealish, Ayew, Gil e Gestede.

Suplentes: Bunn (GR), Amavi, Bacuna, Crespo, Sanchez, Sinclair e Traore.

Treinador: Tim Sherwood.

Sistema tático inicial, onze inicial, suplentes  e treinador do Chelsea. 

Sistema tático inicial: 4-2-3-1.

11 inicial: Begovic (GR), Azpilicueta, Terry (C) , Zouma, Baba, Ramires, Loftus-Cheek, Pedro, Willian, Fábregas, Diego Costa.

Suplentes: Blackman (GR), Cahill, Hazard, Matic, Mikel, Oscar e Romy.

Treinador: José Mourinho.

Equipa de arbitragem. 

Árbitro: Roger East.

Fiscal de linha: Peter Kirkup. 

Quarto árbitro: T. Robinson.

A Blasting News vai seguir o jogo Chelsea x Aston Villa. Uma partida a contar para a 9ª jornada da #Premier League

O Chelsea vai entrar hoje no campo de Stamford Bridge sobre grande pressão. Os blues que este ano já perderam a Supertaça inglesa, estão impedidos de perder mais pontos no campeonato. Os londrinos têm a segunda pior defesa do campeonato (apenas ultrapassados pelos Sunderland) e ocupam o inacreditável 16º lugar, com 8 pontos (apenas a 4 da linha água). É por isso urgente começar um ciclo de vitórias. E Mourinho, um dos melhores treinadores do mundo, também terá duas razões extra para querer encerrar esta série negra: na sua carreira: encerrar o pior  arranque de uma equipa sua num campeonato e evitar que esta partida seja a 2ª derrota consecutiva para a sua equipa em casa (caso aconteça o pior cenário, será a maior seca de sempre do treinador português em casa). Um dos poucos registos positivos deste Chelsea, é o fato de estar já há 23 jogos consecutivos a marcar em Stamford Bridge. O Aston Villa encontra-se na zona de descida (18º lugar), com 4 pontos e,  vem de 4 derrotas consecutivas para o campeonato.  Desde 1998 que o clube de Birmingham sofre golos em Stamford Bridge, no entanto, nos últimos 9 encontros forasteiros, conseguiu sempre marcar, como tal, este jogo será também um jogo de "nervos" para a equipa de Birmingham.

Para o encontro de hoje, o Chelsea não vai poder contar com Courtois (lesionado) e Ivanovic (suspenso). Diego Costa e Azpilicueta estão de regresso à equipa. Quanto ao Aston Villa, apresenta-se sem 4 jogadores: Gabby Agbonlahor e Ciaran Clark (castigados); Jores Okore e Gary Goordner (lesionados). Adama Traore é opção. 

Estes clubes já se encontraram 143 vezes. O Chelsea venceu mais vezes (58), no entanto o Aston Villa já conseguiu ganhar 52, e registaram-se 33 empates. Em Stamford Bridge, o Chelsea tem 39 vitórias, o Aston Villa 19 e existiram 13 empates. #Futebol #Directo