Resumo do jogo.

O #Chelsea respira um pouco melhor na Champions League graças a esta vitória, a equipa de José Mourinho ultrapassa o Dínamo Kiev e fica agora em 2.º lugar com 7 pontos a 3 do F.C. Porto que lidera com 10 pontos. A vitória dos blues acaba por ser justa por ter sido a equipa mais perigosa no total dos 90 minutos. Willian foi a grande figura da partida.

A primeira parte foi totalmente dominada pelo Chelsea, o Dínamo Kiev não teve uma oportunidade de golo nestes primeiros 45 minutos. Na primeira meia hora, os lances mais perigosos pertenceram a Óscar aos 8 e aos 31 minutos mas não foram aproveitados pelo jogador brasileiro. Aos 34 minutos, Willian cruza na direita do ataque dos blues e Dragovic acaba por emendar a bola para a sua baliza, estava feito o único golo da primeira parte.

Na segunda parte foi o Dínamo Kiev que entrou melhor mas a melhor ocasião de golo acabou por pertencer ao Chelsea por intermédio de Willian que de cabeça podia ter feito o segundo golo aos 51 minutos. A partir do primeiro quarto de hora desta segunda parte, as oportunidades de golo foram-se sucedendo para o Chelsea mas a 12 minutos do fim o Dínamo Kiev faria o empate numa emenda oportuna de Dragovic redimindo-se do autogolo da primeira parte. Durou pouco a vantagem da equipa ucraniana, aos 83 minutos apareceu Willian a bater um livre direto de forma irrepreensível e a dar novamente a vantagem aos blues. Até ao final da partida o Chelsea esteve mais perto do 3-1 do que propriamente de sofrer novo empate.

Quanto a estatísticas, a posse de bola foi equilibrada com 51% para o Chelsea e 49% para o Dínamo Kiev. Contudo, o Chelsea teve mais remates no total (11 contra 6) e mais remates na direção da baliza (5 contra 2). Equilíbrio também nos pontapés de canto, 7 para cada lado. Foram mostrados 3 cartões amarelos, todos para jogadores do Dínamo Kiev.

Resultados finais das outras partidas

Maccabi Telavive 1-3 F.C. Porto

Bayern Munique 5-1 Arsenal

Olympiacos 2-1 Dínamo Zagreb

Gent 1-0 Valência

Ol. Lyon 0-2 Zenit

Barcelona 3-0 BATE Borisov

AS Roma 3-2 Bayer Leverkusen

Final do jogo. Chelsea, 2 - Dínamo Kiev, 1

90+2' - Substituição no Chelsea. Sai Willian, entra Cahill.

90' - Dois minutos de tempo de compensação.

90' - Arrancada fulgurante de Hazard concluída com um remate à malha lateral.

85' - Quase o terceiro do Chelsea. Hazard e Ramires tiveram oportunidade para emendar para o fundo da baliza mas desperdiçaram as oportunidades.

83' - GOLO DO CHELSEA! Golaço de Willian na marcação de um livre direto.

79' - Dupla substituição no Chelsea. Saem Óscar e Fabrègas. Entram Pedro e Hazard.

78' - GOLO DO DÍNAMO KIEV! Falha de Begovic e da defesa do Chelsea, a bola sobra para Dragovic que não perdoa e empata a partida.

74' - Vida cabeceia para fora, passa o perigo para o Chelsea.

72' - Cartão amarelo para Buyalskiy por falta sobre Diego Costa.

65' - Que grande defesa de Shovkovskiy. Grande remate de Óscar para uma resposta à altura do guarda-redes do Dínamo Kiev.

65' - Cruzamento de Willian a não levar a melhor direção para Fabrègas fazer a emenda.

60' - Quase o 2-0! Zouma falha incrivelmente à boca da baliza.

59' - Cartão amarelo para Antunes por derrube a Willian.

58' - Grande defesa de Begovic! Júnior Moraes tem nos pés o golo do empate mas o guarda-redes do Chelsea respondeu à altura.

56' - Substituição no Dínamo Kiev. Sai Kravets, entra Júnior Moraes.

53' - Derlis Gonzaléz remata em boa posição mas a defesa dos blues afasta a bola para longe.

51' - Que perigo! Willian num cabeceamento perto da pequena área quase a fazer o segundo, Shovkovskiy defendeu.

50' - Yarmolenko aparece com perigo na grande área do Chelsea mas a bola é cortada para canto.

45' - Substituição no Dínamo Kiev. Sai Sydorchuk, entra Garmash.

Início da segunda parte. Sai o Dínamo Kiev com a bola.

Resumo da primeira parte

Resultado justo ao intervalo. O Chelsea criou mais perigo e teve mais posse de bola no ataque. Até agora Begovic tem tido uma noite tranquila na baliza do Chelsea. O único golo da partida para os blues surgiu aos 34 minutos através de um autogolo de Dragovic.

Outros resultados ao intervalo

Maccabi Telavive 0-1 F.C. Porto

Bayern Munique 3-0 Arsenal

Olympiacos 0-1 Dínamo Zagreb

Gent 0-0 Valência

Ol. Lyon 0-1 Zenit

Barcelona 1-0 BATE Borisov

AS Roma 2-0 Bayer Leverkusen

Intervalo no jogo. Chelsea, 1 - Dínamo Kiev, 0.

45+1' - Diego Costa arrancou isolado para a baliza e pareceu ser derrubado dentro da grande área, o árbitro mandou seguir.

45' - Dois minutos de tempo de compensação.

45' - Agora foi Fabrègas a rematar mas também sem direção.

41' - Remate de Óscar com a bola a sair muito por cima da baliza.

36' - Boa oportunidade para o Chelsea fazer o segundo mas o cruzamento de Willian sai mal.

34' - GOLO DO CHELSEA! Auto-golo de Dragovic que não foi feliz a desviar a bola após cruzamento de Willian.

31' - Que oportunidade para o Chelsea! Óscar não consegue o cabeceamento mas a bola sobra para Diego Costa que em posição para fazer o golo atira por cima da barra.

29' - Diego Costa teve uma excelente oportunidade para rematar mas só conseguiu ganhar um canto.

26' - Cartão amarelo para Derlis González.

19' - O Chelsea domina o ataque nestes últimos minutos mas sem conseguir rematar à baliza.

13' - Remate de Willian cortado pela defesa contrária.

10' - Livre direto batido por Rybalka contra a barreira.

9' - Derlis González faz o primeiro remate do Dínamo Kiev mas a bola é afastada pela defesa do Chelsea.

8' - Óscar aparece em posição frontal mas o remate vai para as mãos de Shovkovskiy. Melhor situação de golo até agora.

6' - Mais um remate de Ramires, desta feita a bola vai para as mãos de Shovkovskiy.

3' - Ramires remata mas a bola é desviada pela defesa do Dínamo Kiev.

19:45 - Início da primeira parte. Sai o Chelsea com a bola.

19:43 - As equipas já estão em campo. Ouve-se o hino da #Liga dos Campeões.

19:00 – Onze inicial e suplentes do Chelsea

Onze inicial: Asmir Begovic (GR), Kurt Zouma, Baba Rahman, John Terry (c), César Azpilicueta, Nemanja Matic, Ramires, Willian, Cesc Fàbregas, Óscar e Diego Costa.

Suplentes: Jamal Blackman (GR), Gary Cahill, Eden Hazard, Kenedy, Ruben Loftus-Cheek, Pedro Rodríguez e Loïc Rémy.

Treinador do Chelsea: José Mourinho.

19:00 – Onze inicial e suplentes do Dínamo Kiev

Onze inicial: Oleksandr Shovkovskiy (c) (GR), Antunes, Aleksandar Dragovic, Domagoj Vida, Evgen Khacheridi, Serhiy Sydorchuk, Sergiy Rybalka, Derlis González, Vitaliy Buyalskiy, Andriy Yarmolenko e Artem Kravets.

Suplentes: Oleksandr Rybka (GR), Mykola Morozyuk, Miguel Veloso, Radosav Petrović, Denys Garmash, Oleg Gusev e Júnior Moraes.

Treinador do Dínamo Kiev: Serhiy Rebrov.

19:00 – A equipa de arbitragem vem da República Checa e da Eslováquia

Árbitro principal: Pavel Královec (CZE).

Árbitros assistentes: Roman Slyško (ESL) e Martin Wilczek (CZE).

Quarto árbitro: Tomáš Mokrusch (CZE).

Árbitros de baliza: Petr Ardeleanu e Michal Paták (CZE).

00:00 – Stamford Bridge recebe hoje o Chelsea-Dínamo Kiev, jogo decisivo para as aspirações das duas equipas na Liga dos Campeões

O Chelsea está atualmente a passar um período bastante complicado da sua história em termos desportivos depois da glória conquistada a época passada. Perdeu a Supertaça inglesa no início da temporada, ocupa atualmente o 15.º lugar da Premier League, já foi eliminado da Taça da Liga Inglesa e na Liga dos Campeões está atualmente em 3.º lugar no grupo G liderado pelo F.C. Porto. Se o conjunto de José Mourinho quer ter aspirações em chegar aos oitavos-de-final só um resultado interessa, a vitória sobre o Dínamo Kiev.

A equipa ucraniana, onde militam os portugueses Antunes e Miguel Veloso, ocupa o 2.º lugar do grupo e ainda não perdeu nesta fase de grupos tendo conseguido dois empates caseiros frente ao F.C. Porto (2-2) e ao Chelsea (0-0) e uma vitória fora do seu estádio frente ao Maccabi Telavive. Para os ucranianos, um empate não seria um mau resultado mas uma vitória em Stamford Bridge pode significar um passo de gigante rumo à próxima fase e quatro pontos de vantagem sobre a equipa londrina. #Directo