Resumo do jogo

Vitória suada do Barcelona, a diferença do marcador não ilustra as dificuldades dos catalães na partida especialmente na primeira parte. Neymar foi a grande figura com dois golos, o último dos quais com um recorte técnico notável. O Barça aguarda agora tranquilamente na liderança pelo resultado do jogo Sevilha-Real Madrid para saber se continua a partilhá-la com o seu eterno rival.

Na primeira parte, o conjunto orientado por Luis Enrique teve mais posse de bola no ataque e foi a equipa que mais ocasiões de perigo criou para a defesa adversária. Mathieu teve nos pés a melhor situação dos catalães mas isolado permitiu a defesa do guarda-redes Aréola. O Villarreal esteva seguro na partida e procura criar problemas sempre que necessário e acabou por ter uma grande ocasião aos 45 minutos, Castillejo teve oportunidade para marcar mas Bravo opôs-se com uma grande defesa.

A segunda parte iniciou com um Barcelona mais afoito no ataque e com um ritmo mais acelerado no jogo, Munir e Daniel Alves tiveram oportunidade de marcar logo aos 48 minutos mas acabaram ambos por falhar o golo. Doze minutos depois, Busquets ganha a bola no ataque e isola Neymar que perante Aréola abre o marcador. A partir deste momento, o Villarreal nunca apareceu com verdadeiro perigo no ataque e aos 69 minutos o Barcelona conquista um penálti, Luis Suárez amplia o marcador para 2-0. Até ao final da partida houve tempo para uma obra de arte de Neymar que fixou o resultado em 3-0, o lance aconteceu aos 85 minutos.

O Barça teve 64% de posse de bola contra 36% do Villarreal e foi a equipa que mais rematou, 16 remates (8 à baliza) contra 4 (2 à baliza) em todo o jogo. Foram mostrados 8 cartões amarelos, cinco para jogadores do Barça, 3 para jogadores do Villarreal.

Final do jogo. Barcelona, 3 – Villarreal, 0

90+1' - Suárez remata para fora não concluindo da melhor forma uma grande arrancada de Neymar.

90' - Dois minutos de tempo de compensação.

87' - Remate de Mario Gaspar para defesa fácil de Bravo.

85' - GOLO DO BARCELONA! Mas que golaço de Neymar! O jogador brasileiro já na grande área pica a bola por cima de Jaume Costa, vira-se para a baliza e não dá hipóteses a Aréola.

82' - Substituição no Barcelona. Sai Piqué, entra Bartra.

81' - Sergi Roberto remata mais uma vez mas a bola volta a sair torta.

80' - Remate de Sergi Roberto por cima da barra.

79' - Substituição no Villarreal. Sai Castillejo, entra Samu.

79' - Substituição no Barcelona. Sai Munir, entra Sandro Ramírez.

78' - Remate de Suárez para as mãos de Aréola.

72' - Cartão amarelo para Bonera por derrube a Neymar.

70' - GOLO DO BARCELONA! Luis Suárez converte o castigo máximo.

69' - Penalti para o Barcelona! Jaume Costa derruba Munir em zona proibida e vê o cartão amarelo.

66' - Substituição no Villarreal. Sai Pina, entra Bakambu.

65' - Soriano bate o livre contra a barreira, passa o perigo.

64' - Cartão amarelo para Piqué. Livre perigoso para o Villarreal.

63' - Quase o segundo do Barça! Suárez faz uma excelente simulação que isola Iniesta, na cara de Aréola o jogador catalão permite a defesa do guarda-redes.

60' - GOLO DO BARCELONA! Busquets ganha a bola no ataque e isola Neymar que abre o marcador.

54' - Cabeceamento de Suárez a não levar a direção da baliza.

48' - Munir e Daniel Alves com tudo para fazerem o golo, o primeiro falha e o segundo permite a defesa de Aréola.

47' - Cartão amarelo para Neymar e Luis Suárez por protestos.

Início da segunda parte. Sai o Villarreal com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

O Barcelona tem sido a equipa com mais posse de bola no ataque e a criar mais perigo para a baliza do submarino amarelo. A melhor situação para os catalães aconteceu aos 27 minutos, Mathieu isolado permitiu a defesa de Aréola. O Villarreal tem procurado sempre que possível o ataque e já ao cair do pano Castillejo teve oportunidade para marcar mas Bravo opôs-se com uma grande defesa.

Intervalo no jogo. Barcelona, 0 – Villarreal, 0

45' - Grande defesa de Bravo! Castillejo aparece na cara do guarda-redes do Barcelona mas permite a defesa.

40' - Bom cruzamento de Iniesta mas Munir não chega a tempo à bola.

39' - Cartão amarelo para Mario Gaspar por falta sobre Neymar.

37' - Cartão amarelo para Iniesta por protestos.

36' - Soldado remata à baliza mas não causa perigo para a baliza de Bravo.

31' - Remate de Suárez a ser cortado para a linha lateral por Bonera.

28' - Cabeceamento de Denis Suárez com a bola a sair por cima.

27' - Cartão amarelo para Mathieu por entrada dura sobre Soldado.

27' - Grande contra-ataque do Barcelona! Mathieu tinha tudo para fazer o primeiro mas Aréola fez uma grande defesa.

24' - Grande jogada de Neymar que assiste Iniesta em boa posição, a bola é desviada para canto por Mario Gaspar.

20' - Aréola faz a primeira grande defesa evitando um autogolo.

19' - Remate de Dani Alves desviado pela defesa do Villarreal para canto, Aréola estava batido. É a primeira situação de perigo no jogo.

13' - Bravo complica e quase entrega a bola ao ataque do Villarreal.

8' - Mais um remate de Luis Suárez torto e com a bola a sair ao lado.

7' - Primeiro remate a pertencer a Luis Suárez, a bola sai muito ao lado.

5' - O jogo começa com uma toada lenta, mas como é habitual em Camp Nou é o Barça com mais posse de bola.

15:00 - Início da primeira parte. Sai o Barcelona com a bola.

14:58 - As equipas já estão em campo. Está quase a começar o jogo!

14:30 - Onze inicial e suplentes do Barcelona

Onze inicial: Claudio Bravo (GR), Daniel Alves, Jérémy Mathieu, Jordi Alba, Gerard Piqué, Sergio Busquets, Andrés Iniesta (c), Sergi Roberto, Luis Suárez, Munir El Haddadi e Neymar.

Suplentes: Marc-André ter Stegen (GR), Marc Bartra, Adriano, Gerard Gumbau, Thomas Vermaelen, Sandro Ramirez, Sergi Samper e Gerard Gumbau.

Treinador do Barcelona: Luis Enrique.

14:30 - Onze inicial e suplentes do Villarreal

Onze inicial: Alphonse Aréola (GR), Mario Gaspar, Jaume Costa, Daniele Bonera, Víctor Ruiz, Tomás Pina, Jonathan dos Santos, Bruno Soriano (c), Samu Castillejo, Denis Suárez e Roberto Soldado.

Suplentes: Mariano Barbosa (GR), Bojan Jokic, Antonio Rukavina, Manu Trigueros, Nahuel Leiva e Cédric Bakambu.

Treinador do Villarreal: Marcelino Toral.

00:00 – Estamos de volta ao Camp Nou para acompanhar o Barcelona-Villarreal a contar para a 11.ª jornada da #Liga Espanhola.

O Barça regressa hoje aos jogos em casa depois da vitória europeia conquistada frente ao BATE Borisov e que deixa o conjunto catalão a um pequeno passo dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, caminhada que começou com uma vitória frente ao B. Leverkusen. Contudo, os blaugrana estão envoltos em nova polémica com a UEFA devido ao elevado número de bandeiras da Catalunha exibidas pelos adeptos do clube nas bancadas do Camp Nou. A UEFA proíbe qualquer propaganda de ideologia política, religiosa ou ideológica nos jogos que organiza e está prevista a perda de pontos e até mesmo a expulsão da Liga dos Campeões.

Voltando à Liga Espanhola, o Barcelona partilha atualmente a liderança com o seu grande rival Real Madrid com 24 pontos conquistados (8 vitórias, 0 empates, 2 derrotas) e leva já 3 vitórias consecutivas depois da derrota sofrida frente ao Sevilha por 2-1. O conjunto orientado por Luis Enrique continua privado da sua grande estrela Lionel Messi mas a lista de lesões ainda é extensa estando igualmente entregues ao departamento médio Rakitic, Rafinha e Douglas. A juntar a estes 4 jogadores lesionados, Mascherano também não vai a jogo devido a castigo.

O Villarreal também competiu a meio da semana para a Liga Europa, o “submarino amarelo” conquistou uma importante vitória em Minsk e praticamente assegurou a passagem aos 16-avos-de-final da competição concentrando-se agora na obtenção da liderança do seu grupo que é ocupada pelos austríacos do Rapid de Viena. A equipa orientada por Marcelino Toral está também a fazer um trajeto interessante na Liga Espanhola ocupando o 4.º lugar da tabela com 20 pontos (6 vitórias, 2 empates, 2 derrotas). Tal como os catalães, o Villarreal tem também vários jogadores lesionados: Sergio Ansejo, Adrián López, Leo Baptistão, Bailly e Musacchio. #Directo #F.C. Barcelona