Depois da derrota perante o União da Madeira, que levou a descida do #Sporting Clube de Portugal ao segundo lugar do campeonato, Bruno de Carvalho decidiu passar a noite... numa discoteca no Funchal com cerca de mais 10 amigos. A história não correu nada bem e o representante máximo do clube acabou por se envolver num verdadeiro caso 'típico' de jogadores rebeldes de 18 anos.

A Polícia já confirmou o incidente e, segundo o Diário de Notícias, Bruno de Carvalho e mais 10 amigos - sem saber se há alguma ligação dos mesmos ao Sporting CP - envolveram-se em grandes discussões que começaram por criar mau estar em toda a discoteca, perturbando o normal funcionamento da mesma.

Assim sendo, os seguranças do estabelecimento optaram por retirar o presidente do Sporting e os restantes elementos e expulsá-los da discoteca. O Diário de Notícias avança ainda que Bruno de Carvalho ofereceu resistência aos seguranças, tentando reentrar no estabelecimento já depois de ter sido expulso. Assim, não havia outra opção que não fosse a intervenção da PSP, que acabou por acalmar todo o grupo e, assim, levar à sua retirada do local.

Fontes do Sporting Clube de Portugal desmentem toda esta história - inclusive a expulsão da discoteca -, afirmando que Bruno de Carvalho foi insultado mas que nunca ripostou perante os mesmos. É importante reafirmar que a Polícia de Segurança Pública já confirmou este mesmo incidente, ainda de acordo com o Diário de Notícias, e que foi obrigada a intervir no local, o que vai contra as informações das fontes do Sporting CP.

O clube leonino terá agora uma pausa para Natal, depois de uma semana negra. Recorde-se que o Sporting CP foi eliminado da Taça de Portugal em casa do SC Braga, perdeu a liderança com a derrota frente ao União da Madeira e, no dia de hoje, viu ser confirmada a derrotada no 'Caso Rojo', tendo agora que pagar cerca de 12 milhões de euros, mais juros, ao fundo de investimento Doyen.

O regresso do Sporting CP será para a Taça da Liga, mas certamente já terá em mente o escaldante clássico perante o FC Porto - que foi hoje sorteado contra o Boavista para a Taça de Portugal - a 2 de janeiro, que será decisivo para a liderança do campeonato.