Resumo do jogo

O Barcelona conquistou um lugar na final de forma tranquila não dando quaisquer hipóteses de reação ao Guangzhou Evergrande de Luiz Felipe Scolari. A grande figura da partida foi Luis Suárez que apontou os 3 golos dos catalães num jogo que não contou com Messi e Neymar, ambos a contas com impedimentos de ordem física. O Barça vai agora encontrar na final que se vai disputar no próximo domingo dia 20 de Dezembro os argentinos do River Plate, o jogo vai-se realizar às 10:30 (hora portuguesa).

A primeira parte começou, como se esperava, com um Barcelona a controlar a posse de bola e a mostrar paciência no que dizia respeito a chegar com perigo à baliza do Guangzhou. Aos 22 e aos 32 minutos, Munir El Haddadi teve duas boas ocasiões de golo mas encontrou pela frente o guarda-redes Li Shuai que fez duas grandes intervenções. No entanto, aos 39 minutos, o guarda-redes do Guangzhou defendeu para a frente um potente remate de Rakitic e Suárez aproveitou a deixa para inaugurar o marcador. Dois minutos mais tarde, a equipa oriunda da China poderia ter chegado ao empate mas Bravo opôs-se com uma grande defesa ao cabeceamento de Elkeson, foi a melhor ocasião de golo do Guangzhou em toda a partida. Esta primeira parte ficou também marcada pela lesão grave de Zheng Zou que deixará o jogador chinês fora dos relvados durante alguns meses.

Na segunda parte, o Barcelona não deu quaisquer hipóteses de ataque ao Guangzhou e apontou o 2-0 logo aos 50 minutos, Iniesta desmarcou com categoria Luis Suárez e o uruguaio de ângulo apertado dava uma maior tranquilidade aos catalães. À passagem do minuto 65, o árbitro assinala grande penalidade por derrube a Munir El Haddadi mas o lance deixou bastantes dúvidas, na conversão do castigo máximo Suárez confirmou o 3-0 e o seu hat-trick. Até ao final da partida o Barça foi criando algumas situações de golo mas controlava as operações sem grandes problemas perante uma equipa que nesta segunda parte deixou o guarda-redes do Barça Claudio Bravo totalmente descansado.

O Barcelona vai disputar a final com o River Plate.

Final do jogo. Barcelona, 3 – Guangzhou Evergrande, 0

90' - Dois minutos de tempo de compensação.

89' - Munir cabeceia por cima da baliza de Li Schuai.

87' - Mais um remate de Sandro Ramírez, desta feita a bola saiu ao lado.

84' - Remate de Busquets fraco e ao lado.

83' - Remate de Sandro Ramírez desviado para canto.

80' - Substituição no Barcelona. Sai Iniesta, entra Sergi Samper. O Barcelona esgota assim as substituições.

76' - Substituição no Barcelona. Sai Jordi Alba, entra Adriano.

76' - Quase o 4.º golo do Barcelona mas Li Shuai antecipa-se bem a Munir e agarra a bola.

72' - Substituição no Barcelona. Sai Sergi Roberto, entra Sandro Ramírez.

71' - Mais um remate de Munir mas a bola sai ligeiramente ao lado.

67' - Substituição no Guangzhou. Sai Elkeson, entra Gao Lin. O Guangzhou esgota assim as substituições.

67' - GOLO DO BARCELONA! Luis Suárez não desperdiça o castigo máximo e concretiza o seu hat-trick.

66' - Penalti para o Barcelona! Munir foi derrubado por Huang Bowen na grande área.

62' - Remate de meia-distância de Rakitic a passar longe da baliza.

60' - O Barça continua a jogar no meio-campo do Guangzhou e controla o jogo de forma tranquila.

57' - Substituição no Guangzhou. Sai Long Zheng, entra Yu Hanchao.

56' - Remate perigoso de Iniesta a passar perto da baliza de Li Shuai.

50' - GOLO DO BARCELONA! Luis Suárez bisa na partida após uma excelente desmarcação de Iniesta.

Início da segunda parte. Sai o Guangzhou Evergrande com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

Vantagem justa do Barcelona ao intervalo por ter sido a equipa mais atacante com mais ocasiões de golo. Suárez fez o único golo aos 39 minutos numa recarga a um remate de Rakitic mas antes Munir poderia ter feito o golo em duas ocasiões. A melhor ocasião do Guangzhou pertenceu a Elkeson aos 41 minutos que obrigou Bravo a uma grande defesa. Há a lamentar nesta primeira parte a grave lesão de Zheng Zou que o deve afastar dos relvados durante alguns meses.

Intervalo no jogo. Barcelona, 1 – Guangzhou Evergrande, 0

45' - Um minuto de tempo de compensação.

43' - O Guangzhou conquista o 3.º canto consecutivo e aperta o Barcelona.

41' - Que grande defesa de Bravo! Cabeceamento de Elkeson que quase dava o empate não fosse a grande defesa do guarda-redes dos catalães.

39' - GOLO DO BARCELONA! Remate de meia-distância de Rakitic para defesa incompleta de Li Shuai, Suárez aparece oportuno e faz a emenda para o fundo da baliza.

35' - Substituição no Guangzhou. Sai Zheng Zou, entra Li Xuepeng.

34' - Zheng Zou tem uma lesão gravíssima na perna e vai ter que ser substituído, momento de grande consternação no jogo.

32' - Mais uma vez Munir a obrigar Li Shuai a uma grande defesa.

26' - Grande confusão na grande área do Guangzhou mas nenhum jogador do Barcelona conseguiu o remate.

22' - Grande defesa do guarda-redes Li Shuai a remate de Munir, esta foi a primeira grande ocasião de golo do jogo.

17' - Rakitic bate o livre contra a barreira, passa o perigo.

16' - Cartão amarelo para Feng Xiaoting por falta sobre Suárez. Livre perigoso para o Barcelona.

10' - Iniesta tenta o golo mas o remate sai muito torto e por cima.

5' - O Barça tenta ter mais a posse de bola mas até agora a defesa do Guangzhou tem estado segura.

10:30 - Início da primeira parte. Sai o Barcelona com a bola.

10:28 - As equipas já estão em campo. Está quase a começar o jogo!

10:00 - Onze inicial e suplentes do Barcelona

Onze inicial: Claudio Bravo (GR), Daniel Alves, Javier Mascherano, Jordi Alba, Gerard Piqué, Sergio Busquets, Ivan Rakitic, Andrés Iniesta (C), Sergi Roberto, Luis Suárez, e Munir El Haddadi.

Suplentes: Marc-André ter Stegen (GR), Jordi Masip (GR), Douglas, Marc Bartra, Sandro Ramírez, Adriano, Thomas Vermaelen, Jérémy Mathieu, Sergi Samper, Neymar e Gerard Gumbau.

Treinador do Barcelona: Luis Enrique.

10:00 - Onze inicial e suplentes do Guangzhou Evergrande

Onze inicial: Li Shuai (GR), Linpeng Zhang, Kim Young-Gwon, Feng Xiaoting, Zheng Zou (C), Zheng Zhi, Paulinho, Huang Bowen, Long Zheng, Ricardo Goulart e Elkeson.

Suplentes: Fang Jingqi (GR), Cheng Zeng (GR), Mei Fang, Jian Liu, Rong Hao, Li Xuepeng, Shangyuan Wang, Yu Hanchao, Zhao Xuri, Alan, Robinho e Gao Lin.

Treinador do Guangzhou Evergrande: Luiz Felipe Scolari.

09:50 - ÚLTIMA HORA: Messi não vai a jogo devido a uma cólica renal.

00:00 – O Barcelona estreia-se hoje no Mundial de Clubes onde vai jogar a meia-final contra os chineses do Guangzhou Evergrande que é treinado por Luiz Felipe Scolari.

O Barcelona procura fechar o ano de 2015 em grande depois de já ter conquistado quatro títulos (Campeonato, Taça do Rei, Liga dos Campeões e Supertaça Europeia). Os catalães pretendem ganhar o Mundial de Clubes e assim repetir a vitória de 2011 onde venceu o Santos do Brasil por 4-0. Neymar, agora ao serviço do clube catalão, atuou pelo conjunto brasileiro e é a grande dúvida para este encontro devido a uma lesão na coxa. Esta competição poderá ser uma forma do Barça voltar aos triunfos depois de três empates consecutivos, dois na Liga Espanhola e um na Liga dos Campeões.

O Guangzhou Evergrande, equipa oriunda da China, tem nos seus quadros personalidades bem conhecidas do futebol mundial. O treinador dos chineses é Luiz Felipe Scolari, antigo selecionador do Brasil e de Portugal e que ajudou o Guangzhou a conquistar a Liga Chinesa e a Liga dos Campeões da AFC este ano. No que diz respeito aos jogadores salta à vista Robinho, internacional pela seleção brasileira e antigo jogador do Real Madrid e do Milan.

A equipa que triunfar hoje chegará à final da competição e já sabe que vai defrontar o River Plate da Argentina que venceu ontem o Sanfrecce Hiroshima do Japão por 1-0 com um golo de Lucas Alario aos 72 minutos de jogo. #Directo #F.C. Barcelona #Lionel Messi