Análise ao sorteio.

Na teoria, a sorte esteve do lado de Portugal. Os seus adversários vão ser a Islândia, Áustria e a Hungria. A seleção de Fernando Santos reúne claramente todas as condições para seguir em frente na prova, aliás para vencer os 3 jogos. No entanto, para isso, Portugal não pode cair no erro de pensar que só pelo fato do adversário ser no papel, mais fraco, as vitórias estão garantidas (e de maus exemplos temos muitos: Mundial 2002,  Mundial 2014 um célebre jogo de apuramento, no tempo de Scolari, em que Portugal a vencer por 2-0 o Liechtenstein, deixou-se empatar e assim terminou a partida). É preciso ter cuidado, não se pode desvalorizar ninguém. Estes futuros adversários, particularmente a Áustria e a Islândia, têm crescido muito nos últimos anos e já mostraram que têm condições para surpreender. Na fase de qualificação para o Euro 2016, a Áustria (que tem alguns bons e conhecidos jogadores como: Alaba, Fuchs e Arnautovic),  apurou-se em primeiro lugar, à frente de Rússia e Suécia! Nos 10 jogos, venceram 9 e empataram 1! A Islândia assegurou o 2º lugar, a apenas 2 pontos da República Checa, e deixou para trás a Turquia e a Holanda. Os homens do gelo venceram sensacionalmente a Holanda (nos 2 jogos) e a Turquia (uma vez). A Hungria foi a que mais dificuldades teve para chegar ao Euro. Num grupo em que não existia nenhuma seleção de topo, ficou em 3º lugar, conseguindo assim garantir uma vaga via playoff (ao eliminar a Noruega). O sorteio ditou que os grupos mais difíceis sejam o E (Bélgica, Itália, República da Irlanda, Suécia) e o D (Espanha, República Checa, Croácia e Turquia). No caso do primeiro, a República da Irlanda parece não ter grandes possibilidades de passar, quanto aos outros,  todos têm as mesmas chances. No Grupo D, a Espanha é favorita, os restantes vão disputar taco a taco uma ou duas vagas. Nota ainda para o jogo de abertura do Euro, que vai opor a França à Roménia, no Saint Denis, a 10 de junho.

Grupos do Euro

Grupo A:  França, Roménia,  Albânia, Suiça.

Grupo B: Inglaterra, Rússia, País de Gales, Eslováquia.

Grupo C: Alemanha, Ucrânia, Polónia, Irlanda do Norte.

Grupo D: Espanha, República Checa, Turquia Croácia.

Grupo E: Bélgica, Itália, República da Irlanda, Suécia.

Grupo F: Portugal, Islândia, Áustria, Hungria.

Calendário de Portugal no Euro 2016: 

14 de junho, 20h - Portugal x Islândia (Saint-Étienne).

18 de junho, 20h  - Áustria x Portugal (Parque dos Príncipes - Paris).

22 de junho, 17h - Hungria x Portugal  (Lyon).

Está concluído o sorteio. Teoricamente o sorteio foi amigo de Portugal. Portugal é claramente favorito para no seu grupo.

17h53 - Austria no Grupo F. Grupo acessível para Portugal! Portugal joga com a Aústria a 18 de junho no Parque dos Príncipes. 

17h52 - Itália no Grupo E. 

17h52- Croácia no Grupo D. Um grupo complicado.

17h51 - Ucrânia no Grupo C. Ucrânia estreia-se com a Alemanha.

17h50- Rússia no Grupo B.  

17h49- Suiça no Grupo A.

17h45 - Hungria no Grupo F, Grupo de Portugal. O jogo: Portugal-Hungria, é às 17h, dia 22 junho em Lyon.

17h45 - Suécia no Grupo E. Primeiro jogo com a República da Irlanda a 13 de junho.

17h44- República Checa no Grupo D. Estreia-se na prova com a Espanha, em Toulouse.

17h43- Polónia no Grupo C. Defronta a Irlanda do Norte, no primeira jornada, em Nice.

17h42- Eslováquia no Grupo B. Defronta o País de Gales, em Bordéus, no primeiro jogo. 

17h41- Roménia no Grupo A. Vai defrontar a França no jogo de abertura do Euro, em Saint Denis!

17h38 - Islândia no grupo F. Grupo de Portugal! O primeiro jogo será precisamente entre Portugal e Islândia a 14 de junho, na Islândia.

17h38- República da Irlanda no Grupo E. estreia-se em Saint Denis.

17h37- Turquia no grupo D. estreia-se no Parque dos Príncipes.

17h36: Irlanda do Norte no Grupo C, com a Alemanha.

17h36: Curioso: Haverá duelo britânico no Grupo B: Gales fica no grupo de Inglaterra. Estreia-se a 13 de junho em Bordéus.

17h35- Grupo A: Albânia. 

17h33- Portugal no Grupo F. Estreia-se a 14 de junho em Saint-Étienne.

17h32- Bélgica no Grupo E.

17h31-Espanha no Grupo D. Primeiro jogo em Toulouse.

17h30- Alemanha calha no grupo C. Estreia-se em Lille.

17h29- Inglaterra fica no grupo B. Vai fazer o seu primeiro jogo em Marselha.

17h28- Primeira bola a sair: é a França. Vai para o grupo A.

17h24- Antes de falar sobre o sorteio, Infantino faz uma breve referência sobre os trágicos acontecimentos decorridos recentemente em França, expressando a sua solidariedade para com os gauleses.

17h22 - São chamados ao palco os antigos jogadores que apontaram golos em finais do Euro: Charisteas, Trezeguet, Bierhoff. Também o antigo craque Panenka foi chamado, assim como o secretário geral da UEFA Gianni Infantino.

17h19- São agora exibidos vídeo que apresentam alguns dos mais belos e decisivos golos marcados em Euros. É referido o golo de Nuno Gomes, no Euro 2000, frente à épica vitória de Portugal frente à Inglaterra.  

17h17- O selecionador espanhol, Del Bosque foi o próximo a falar com os ilústres apresentadores. Contou resumidamente os objetivos da sua equipa para este Euro.  

17h13- Gullit chamou agora ao palco o famoso cantor e DJ francês David Guetta.

17h11- Prossegue a música. Ouve-se a música de fundo. Vários jovens estão em palco, a dançar. Cada um deles veste uma camisola de cada seleção participante no Euro. 

17h08- Segue-se um novo momento musical, cantado em francês.

17h05- Após um momento musical, segue-se um vídeo da apresentação das cidades e dos estádios que vão acolher o Euro 2016. Serão 9 cidades e 10 estádios que vão acolher esta importante prova.

17h - Os apresentadores Gullit e Lizarazu, antigos jogadores de futebol, e ambos vencedores de campeonatos europeus pelos seus países (Holanda e França, respetivamente) são os apresentadores desta gala, apresentaram há segundos o momento musical de abertura do evento. 

Sorteio

A Blasting News vai acompanhar em direto, o sorteio da fase final do Euro 2016. 

 Às 17h (hora de Portugal Continental), no Palácio de Congressos de Paris, vão finalmente ser revelados os adversários de Portugal.

De acordo com o site da Uefa " As equipas serão sorteadas em seis grupos de quatro formações cada (Grupos A a F) e o sorteio começa com o Pote 1. Uma bola é retirada e a equipa é colocada no Grupo B, posição B1; uma segunda bola é sorteada e a equipa é colocada no Grupo C, posição C1; e assim por diante até ao Grupo F".  O

A competição que vai decorrer na França, tem início a 10 de  junho (20h) e termina a 10 de julho (21h).  O Stade de France será o palco de abertura e de encerramento da competição. Esta edição terá 24 seleções e vai contar com algumas seleções estreantes em grandes competições, e não vai ter a surpreendente Holanda. Também novidade no formato da prova, é o fato de 4 dos melhores terceiros classificados na fase de grupos poderem passar aos oitavos final.  Só por participar nesta competição, todas as equipas vão receber 8 milhões de euros.  Quem conquistar o Euro, vai receber 27 milhões de euros.

A última vez que a França acolheu uma competição de seleções, foi em 1998, o famoso mundial que, valeu a conquista do troféu da equipa da casa. No caso do Euro, a França já recebeu esta prova por duas vezes: a primeira foi em 1960 ( o troféu foi conquistado pela União Soviética) e a 2ª em 1984 (prova ganha pelos gauleses).

A França pode ser considerada uma forte candidata ao título, assim como a sempre temível Itália. No entanto, a Alemanha, atual campeã do mundo e a Espanha, que venceu os últimos 2 Europeus, para além do sucessos recentes, são as seleções que mais vezes se sagraram campeãs europeias (3 taças para cada) e, como tal, podem ser consideradas as favoritas para a conquista da prova. 

De Portugal espera-se que faça uma grande prova, não estando porém, inicialmente no lote dos favoritos. A não ser que algo inesperado aconteça até lá, a seleção lusa tem Cristiano Ronaldo, um dos melhores jogadores do mundo como a sua maior referência, apresentando ainda outros jogadores experientes habituados a grandes palcos do futebol europeu e ainda alguns jovens talentosos que vão representar pela primeira vez uma competição internacional pela seleção principal. O selecionador Fernando Santos, já revelou que quer contrariar as expectativas iniciais, jogando para vencer a prova. Para tal, considera que para além de uma ponta de sorte sempre necessária, os atletas terão obrigatoriamente mentalidade vencedora.  

A seleção portuguesa é cabeça de série para este sorteio, o que significa que não vai defrontar na fase de grupos a Alemanha, Espanha, França e Bélgica. #Selecção #Euro2016 #Directo